Apple Watch receberá suporte a streaming de músicas

Por Redação | 26 de Outubro de 2017 às 12h36
photo_camera Divulgação
TUDO SOBRE

Apple

Durante muito tempo esta cena foi comum: usar um iPod Nano preso ao pulso como um relógio para ouvir suas músicas e poder pular de faixas sem ter que ficar tirando o aparelho do bolso toda hora. 

Eis que agora a Apple possibilita que essa cena volte ao nosso cotidiano liberando atualizações para o app Radio com streaming de músicas para o Apple Watch. Não que você já não pudesse fazer isso com o iPhone pareado ao relógio inteligente da empresa de Cupertino, mas é que a novidade vai deixar você controlar tudo sem a necessidade de ter o celular por perto, através de rede Wi-Fi, ou conexão móvel LTE - neste caso, apenas na última versão do Apple Watch, o Series 3.

A atualização do aplicativo virá embarcada na versão 4.1 do WatchOS. Com isso, a Apple agora disponibiliza duas versões de players de música no Watch: o Radio e o Musica, que também ganhou algumas funções extras no smartwatch. Isso pode parecer um pouco confuso, principalmente usando a Siri para comandar a execução de músicas. Mas calma, vamos explicar tudo direitinho.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Aplicativo Música

Agora você pode acessar toda a sua biblioteca de música do iCloud, mesmo que ela não esteja sincronizada com o seu iPhone pareado ao relógio. Antes isso não era possível.  E agora também é possível utilizar o aplicativo independentemente do celular para navegar nos artistas disponíveis no catálogo da Apple Music, mas somente com a ajuda da Siri, pois não há maneira de se digitar diretamente no smartwatch.

Você pode usar comandos do tipo: "Hey Siri, toque U2" ou "Hey Siri, toque algo que eu goste". As músicas que não constarem de sua biblioteca podem ser transmitidas pelo aplicativo, mas não poderão ser baixadas para o wearable, necessitando, aí sim, do iPhone pareado.  

Aplicativo Radio

Como o nome já diz, este aplicativo é focado no streaming de rádios, sejam elas transmissões ao vivo ou estações de rádio do Apple Music, definidas por gêneros e artistas, curadoria específica ou as suas estações de rádio personalizadas com as músicas que você gosta. A confusão acontece quando você usa os comandos da Siri que costuma abrir este aplicativo, e não o Música, para executar uma solicitação.

Canções em estações de rádio podem ser estreladas ou adicionadas à sua biblioteca de música, alimentando futuras recomendações.

Ter dois aplicativos com funções similares parece confuso, e poderia ser uma melhor ideia adicionar as funções diferentes em um único aplicativo, ainda mais quando você depende de comandos de voz - muitas vezes não compreendidos - para acessar o que você deseja. O Apple Watch OS 4.1 deve ser lançado no fim deste mês.

Fonte: Cnet

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.