Samsung quer conectar relógio Galaxy Gear a TVs

Por Redação | 03 de Outubro de 2013 às 06h15

No começo de setembro, a Samsung apresentou o relógio inteligente Galaxy Gear, que tem integração com o smartphone Galaxy S4 e com o tablet Tab 3 via Bluetooth. Mas agora a empresa quer conectar os aparelhos à sua linha de TVs, de acordo com Ryan Bidan, diretor de marketing de produtos da sul-coreana.

A companhia está apostando na criatividade de desenvolvedores para encontrar novas funcionalidades para o aparelho, como talvez, tornar-se um dispositivo de segunda tela. Uma conferência da Samsung para desenvolvedores acontecerá em San Francisco, Califónia, em outubro, e, segundo Bidan, algumas ideias podem surgir lá.

Um dos setores que a empresa aposta com o relógio é o da saúde. Aplicativos podem monitorar a atividade física dos usuários, como medir a quantidade diária de passos ou a quantidade média de calorias queimadas durante um exercício.

Mas em uma TV será possível, talvez, substituir um controle remoto pelo relógio, permitindo a troca de canais e o aumento de volume no aparelho, ou até receber alertas da televisão. Mas Bidan não é muito favorável a isso. "A ideia de usar o aparelho como um ponto de controle para eletrônicos parece algo óbvio", afirmou o executivo. "Para TVs, a experiência de usuário pode não ser muito boa."

Entre outras funções, Bidan acredita que o relógio pode servir como painel de visualização de status de aparelhos como forno ou ar condicionado, e até mesmo oferecer opções para alterar as temperaturas desses eletrônicos.

O Galaxy Gear será lançado no Brasil em 5 de outubro, mas o preço, ainda não foi revelado – deve ser alto, apesar da produção nacional. Nos Estados Unidos, o relógio custa US$ 299 (R$ 666).

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.