Apple Watch: CEO da Pebble dá sua opinião a respeito do concorrente da Maçã

Por Redação | 17.03.2015 às 08:01

O CEO da Pebble Time aproveitou o SXSW Interactive para expressar suas impressões sobre o concorrente Apple Watch. O smartwatch da companhia de Eric Migicovsky foi um dos projetos mais bem aceitos no site de financiamento coletivo Kickstarter, atraindo a atenção de 70 mil apoiadores, que deram US$ 18,5 milhões para sustentar o conceito do relógio inteligente - um recorde.

Enquanto outros fabricantes tentam fazer relógios inteligentes bem parecidos com seus smartphones, o Pebble segue outro caminho e foca na vida útil da bateria (até sete dias) e uma interface mais simples.

Peeble Time

Peeble Time (Imagem: Divulgação)

Durante o evento, que ocorreu no Texas, nos Estados Unidos, Migicovsky convidou alguns entusiastas do projeto para uma festa do pijama, onde falou a respeito do novo relógio, mas não liberou uma versão para testes. Segundo o executivo, o Pebble Time ainda não está pronto para as primeiras críticas.

Quando questionado sobre sua opinião acerca do novo Apple Watch, o executivo disse que está "muito feliz pela Apple estar entrando nesse segmento". Ele destaca que apenas 0,001% das pessoas em todo o mundo conhecem o Pebble e a publicidade que a Apple fará para promover o seu relógio irá aumentar a consciência global a respeito desse tipo de gadget. Atualmente, cerca de um milhão de relógios da Pebble foram vendidos, uma pequena parcela do que se espera apenas no primeiro ano do smartwatch da Apple.

CEO do Peeble

Eric Migicovsky, CEO da Peebe, na festa do pijama da empresa no SXSW Interactive (Imagem: Reprodução / PC World)

Apesar de ainda não ter experimentado o relógio da Maçã, o executivo diz que se preocupa um pouco com a abordagem da tela inicial do gadget. "Essa é a única coisa que me preocupa no Apple Watch. Parece que a Apple está tentando fazer demais".

Muitos consideram o Pebble o grande rival do Apple Watch, mais até do que dispositivos de grandes empresas com Android Wear. Isso porque o Peeble é compatível com o iOS, logo a companhia oferece aos proprietários do iPhone uma opção mais barata de relógio capaz de interagir com o smartphone da marca.

O novo Pebble Time será vendido por US$ 199 e sua versão mais cara, com pulseira de couro e peças em aço inox, custará US$ 299. Uma bela opção contra os US$ 349 iniciais do Apple Watch, não?

Via PC World e KickStarter