Xiaomi poderá apresentar celular dobrável compacto com tela secundária

Xiaomi poderá apresentar celular dobrável compacto com tela secundária

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 28 de Dezembro de 2021 às 09h01
LetsGoDigital

Depois de a Huawei apresentar o P50 Pocket e a Honor publicar teasers de seu novo dispositivo dobrável Magic V, a Xiaomi poderá apresentar mais um concorrente para o mercado dos celulares flexíveis em breve. Patentes registradas em um órgão regulador chinês revelam como deverá ser o visual do novo smartphone, que pelo visto chegará para competir com o Galaxy Z Flip 3 ou com seu sucessor.

De acordo com a documentação, o aparelho teria uma construção bastante similar ao mais recente celular em formato de concha da Samsung, com dobradura no eixo horizontal e formato que se torna mais compacto que um celular não dobrável quando fechado. O módulo de câmeras abriga duas lentes, um flash alongado e uma tela adicional mais à direita — esse display deverá mostrar notificações, hora, data, além de permitir a realização de algumas tarefas simples sem a necessidade de abrir o dispositivo, como tirar selfies.

Caso a Xiaomi realmente coloque essa tela adicional, ela poderá ser parecida com a presente na parte traseira do Mi 11 Ultra, mas com menos de 1 polegada e resolução mais baixa em comparação com o display primário. Na seção frontal, as imagens da patente mostram um painel com bordas relativamente grossas e um furo em formato de pílula no canto superior esquerdo, indicando que o dispositivo poderá trazer mais de um sensor para selfies e chamadas de vídeo.

Tela secundária poderá servir para exibição de informações simples (Imagem: LetsGoDigital)

A Xiaomi não confirmou a existência do dispositivo, e também não são conhecidos detalhes sobre as especificações deste modelo. Caso ele realmente chegue para concorrer com o Galaxy Z Flip 3, é possível que ele venha com um processador topo de linha, em conjunto com pelo menos 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno disponível — outra possibilidade é a marca apresentar uma opção mais barata e com especificações mais intermediárias, mas até o momento as características não passam de especulação.

A publicação de patentes não significa necessariamente que o dispositivo representado será lançado em algum momento, já que ele ainda precisa passar por diversas avaliações de viabilidade estrutural e comercial, entre outros testes. Porém, a documentação serve para reforçar as intenções da Xiaomi em entrar na concorrência dos dobráveis compactos, um mercado que pode crescer bastante em 2022, de acordo com diversos analistas.

Fonte: MySmartPrice

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.