vivo anuncia o iQOO 5G, seu primeiro smartphone compatível com rede 5G

Por Felipe Ribeiro | 25 de Junho de 2019 às 20h10
vivo
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Vivo iQOO

Ficha técnica

Acaba de ser anunciado oficialmente o vivo iQOO 5G, primeiro telefone comercial 5G da vivo. A companhia planeja lançar o celular em algum momento nos próximos três meses e, embora não tenha revelado muito sobre especificações, ela falou detalhadamente sobre os desafios do 5G, além de abordar o carregamento da bateria do celular, que poderá ser feito com carregador de 120W.

O vivo iQOO 5G usa um chipset Snapdragon 855 conectado a um modem X50 externo, como fazem os telefones 5G mais atuais. Esse tipo de conexão requer quatro antenas, sendo que o 4G precisa de duas. Combinado com o Bluetooth e Wi-Fi é um total de oito — e foi um grande desafio encontrar espaço para eles e evitar interferências.

Isso não é tudo: ter um modem externo torna a placa-mãe maior. E como o 5G requer mais potência, o vivo não poderia reduzir a bateria apenas para compensar e tinha que projetar um layout 3D complicado. Tudo somado, o telefone foi conectado a uma rede 5G por um dia e sua bateria estava em 70%.

De acordo com Qin Fei, diretor do centro 5G da vivo, as redes 5G reduzirão a latência, permitirão que mais dispositivos se conectem a uma rede e permitam que as operadoras aumentem os limites de dados. A latência nas redes da próxima geração pode ser reduzida em 10 ms, o que será um benefício para serviços de streaming de jogos e aplicativos de Realidade Aumentada (como o Pokémon Go).

Quanto aos limites de dados, a Qin Fei acredita que as operadoras aumentarão significativamente o subsídio de dados dos usuários — de 20 GB para 1 TB para os maiores planos de dados. As velocidades de dados podem ser 5-10 vezes maiores no 5G com relação ao 4G. E como uma célula 5G pode suportar mais dispositivos conectados simultaneamente, os dispositivos futuros da intrnet das coisas podem se conectar diretamente à rede em vez de precisar de uma ponte.

O carregamento de 120W também é um grande destaque e que pode aparecer no aparelho. Segundo os chineses, ele promete carregar 50% de uma bateria de 4.000 mAh em cinco minutos. Uma carga completa leva 13 minutos. Não está claro, no entanto, se isso vai mesmo lançado oficialmente.

Óculos de RA

Imagem: vivo

Juntamente com o smartphone, os óculos de realidade aumentada, também presentes no vídeo acima, também fizeram parte do anúncio. Chamados de vivo AR, eles usam duas telas de 720p e oferecem 6 graus de liberdade ótica. O acessório pode exibir jogos, vídeos 3D e ser usado ​​em um ambiente profissional, tudo conectado ao telefone e sem a necessidade de um computador. Se esses óculos virão com o smartphone na caixa, é outro mistério.

A empresa promete mais detalhes até o lançamento.

Fonte: GSM Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.