Vendas decepcionantes do Galaxy S9 fizeram Samsung apressar anúncio do Note 9

Por Patrícia Gnipper | 26 de Julho de 2018 às 09h19
photo_camera CNET
TUDO SOBRE

Samsung

De acordo com informações de fontes de Taiwan, a Samsung teria decidido antecipar a data do anúncio oficial do Galaxy Note 9 para o dia 9 de agosto por conta das vendas decepcionantes do Galaxy S9 — este que deve ser o menos vendido de toda a linha Galaxy S desde 2012.

Há quem diga que a motivação da sul-coreana em antecipar o lançamento estaria pautada no cronograma de lançamentos da Apple, que deve anunciar seus novos iPhones em setembro. Sendo assim, o Note 9 chegaria antes às prateleiras, mas outros especialistas do mercado afirmam que, ainda que a rivalidade com a Maçã faça parte das justificativas, o motivo para marcar o anúncio do phablet para agosto estaria, sim, ligado à decepção com o S9.

Sendo assim, a fabricante precisaria dar um impulso à sua divisão de celulares o mais rápido possível se não quiser que seus resultados financeiros do terceiro trimestre fiquem abaixo do esperado. Segundo as fontes, o Galaxy Note 9 será lançado mais cedo "para reavivar o momento do smartphone, já que as vendas de seus mais recentes modelos, S9 e S9+, estão abaixo do esperado".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Justificando as vendas fracas estão fatores como o preço elevado do dispositivo, que, apesar de ser um dos melhores smartphones com Android do momento, trouxe poucas inovações em relação ao Galaxy S8 — cujo preço já caiu um bocado, atraindo ainda mais o interesse dos usuários. É verdade que o S9 traz mais potência, velocidade e uma câmera mais poderosa, mas, ainda assim, as vantagens não justificam o alto custo, aos olhos do consumidor.

Fonte: BGR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.