Teste sugere que Apple limitou desempenho de processador do iPhone SE

Por Douglas Ciriaco | 23 de Abril de 2020 às 12h47
Reprodução/Apple
Tudo sobre

Saiba tudo sobre iPhone SE (2020)

Ficha técnica

A Apple apresentou o iPhone SE de 2020 e não tivemos dúvidas em cravar que ele tinha coração de iPhone 11 cravado em um corpo de iPhone 8. Contudo, testes feitos pela plataforma Antutu mostram que, na prática, a coisa não é bem assim e o novo SE teve um desempenho bem abaixo da família iPhone 11, apesar de usar o mesmo processador A13 Bionic.

Ranking de aparelhos da Apple no Antutu. (Imagem: Reprodução/Antutu)

Enquanto o iPhone 11 Pro Max chegou a 537.154 pontos, o novo iPhone SE fez apenas 492.166 pontos. Ele fica, ainda, bem abaixo do iPhone 11 “basicão”, que marcou 517.400 pontos na mesma avaliação — vale destacar, porém, que os iPhones de 2019 têm 4 GB de memória RAM, enquanto o modelo anunciado neste ano tem 3 GB.

De qualquer maneira, fica no ar a dúvida: teria a Apple limitado o desempenho do A13 Bionic em seu novo modelo de baixo custo para que ele apresente uma diferença tão marcante?

iPhone SE no Antutu. (Imagem: Reprodução/Antutu)

Pelo menos, algo explícito na avaliação do Antutu é que o iPhone SE de 2020 tem desempenho superior ao do iPhone XS Max, modelo de 2018 equipado com o A12 Bionic e que ainda hoje é mais caro do que o modelo mais recente. Lá fora, o iPhone SE de 2020 é vendido a partir de US$ 399, mas a Apple vai comercializá-lo no Brasil a partir de R$ 3.699; já o iPhone XS Max não é encontrado por menos de R$ 5 mil.

Fonte: Antutu

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.