Telas OLED: Samsung teria fechado contrato de US$ 4,3 bilhões com a Apple

Por Redação | 13 de Fevereiro de 2017 às 14h22

A Samsung teria fechado um contrato de US$ 4,3 bilhões com Apple para o fornecimento de 60 milhões de unidades de telas OLED de 5 polegadas, material que pode potencialmente ser usado na próxima geração de iPhones, que podem ser os mais caros da história. O aguardado iPhone 8, edição mais-que-especial de aniversário do dispositivo, por exemplo, deve quebrar a barreira dos US$ 1.000.

Segundo fontes próximas ao assunto relataram ao site coreano Pulse, o novo negócio surge depois que a fabricante sul-coreana já ter fechado um acordo, no fim de 2016, avaliado em quase US$ 7 bilhões, para fornecer 100 milhões de painéis OLED de 5,5 polegadas a serem entregues neste ano.

Como a Apple costuma fabricar uma média de 200 milhões de dispositivos por ano, é possível que ela tenha firmado outros contratos com fornecedoras menores para "completar" as 40 milhões de telas restantes.

Atualmente, a Apple usa somente monitores OLED no Apple Watch e na touch bar do MacBook Pro 2016. Mas, em setembro deste ano, a companhia deve lançar três novos iPhones com este tipo de display.

Segundo o analista da KGI Securities, Ming-Chi Kuo, além do iPhone 8, que vai ostentar uma tela OLED de fora a fora, um segundo smartphone a ser anunciado deve ser o equivalente ao modelo Plus, enquanto uma terceira opção seria uma espécie de smartphone premium.

Fonte: (Via) Apple Insider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.