Samsung terá que compensar usuários do Galaxy S4 por fraudar teste de benchmark

Por Natalie Rosa | 03 de Outubro de 2019 às 22h10
Reprodução
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Galaxy S4 3G

Ficha técnica

Se você possui ou já teve um Galaxy S4, a Samsung está te devendo US$ 10. No ano de lançamento do aparelho, em 2013, a companhia sul-coreana se empolgou muito na hora de divulgar as especificações da novidade, e quando enviou o produto para testes de benchmark, acabou usando um código no firmware que melhorava o desempenho durante a análise, concedendo informações irreais sobre a sua capacidade.

Após uma ação coletiva registrada em 2014, a Samsung fechou um acordo com a justiça para o pagamento da quantia de US$ 13,4 milhões, sendo US$ 2,8 milhões em custos de acordo e US$ 10,6 milhões como medidas cautelares. Assim, a companhia teria que usar esses US$ 2,8 milhões para pagar cada proprietário de um Galaxy S4, rendendo apenas US$ 10 a cada um.

Imagem: Reprodução

O relatório da acusação mostra que o processador do aparelho, Snapdragon 600, subia de 480 MHz para 532 MHz quando houvesse a execução de alguns softwares específicos para testes de benchmark, como Geekbench, Quadrant, Antutu, Linpack, SunSpider, Rightware e GFXBench.

Mesmo com o acordo feito, a Samsung afirmou que nunca negou a prática, além de que não tinha a obrigação de informar que estes tipos de códigos haviam sido inseridos no firmware de seus produtos. Infelizmente, parece que apenas usuários dos Estados Unidos poderão receber a quantia, assim que receberem e-mails da Samsung informando o ocorrido.

Fonte: Android Authority

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.