Samsung segue liderando e Apple perde espaço com smartphones na América Latina

Por Redação | 08 de Agosto de 2016 às 20h47

O Yahoo revelou nesta segunda-feira (8) os resultados do seu primeiro levantamento sobre o mercado de smartphones da América Latina, mostrando uma clara dominância da Samsung e um embate entre Motorola e Apple pela segunda posição no ranking de celulares ativos da região.

A pesquisa é resultado da coleta de dados de 252 milhões de dispositivos, feita através da plataforma de monitoramento de apps Flurry, que analisa hoje sessões em cerca de 22,7 mil aplicativos usados por latino-americanos.

Entre junho de 2015 e o mesmo mês deste ano, a principal empresa a ganhar mercado foi a Samsung, que saltou de 39% de marketshare para 45% no período de onze meses – número maior do que as fatias de mercado das duas empresas seguintes do ranking combinadas.

A Apple, por sua vez, perdeu 8% de participação no mercado, caindo de 22% em junho do ano passado para os atuais 14%. Com a queda, a Maçã agora disputa a segunda posição com a Motorola, que manteve sua participação estável no período e foi responsável por 15% das sessões analisadas no levantamento.

Na quarta posição vem a sul-coreana LG (9%), seguida pela Sony (4%) e pela Huawei (3%), que teve um pequeno crescimento de 1% de participação em relação ao ano anterior e agora encosta na japonesa na disputa pelo quinto lugar. Os 10% restantes são ocupados por outras fabricantes agrupadas, mas não reveladas na pesquisa.

Os dados também mostraram que Brasil e México são responsáveis por mais da metade das 25 bilhões de sessões mensais da região nos últimos doze meses, respondendo, respectivamente, por 34% e 21% do total. A predominância dos dois países no número de sessões latino-americanas está diretamente relacionada não só aos tamanhos de suas populações, mas também à oferta maior de conectividade em relação a outras nações. Argentina (8%), Colômbia (6%) e Chile (4%) completam a lista dos países com mais sessões da região.

O maior crescimento no número total de sessões, no entanto, não veio de nenhum dos países listados: sequer dentro do top dez da pesquisa, República Dominicana (com 690 milhões de sessões) e Bolívia (538 milhões de sessões) foram as duas nações com o maior aumento anual em atividade de smartphones – com 116% e 155%, respectivamente.

Fonte:

Yahoo

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.