Sailfish pode chegar ao Sony Xperia X neste mês de julho

Por Redação | 04 de Julho de 2017 às 12h07

Em um mundo dominado por Android e iOS, parece esquisito pensar que algum outro sistema operacional esteja tentando começar do zero. Mas é justamente isso que a Jolla está fazendo com o Sailfish, sua plataforma baseada em Linux. A empresa anunciou recentemente uma parceria com a Sony e os testes da plataforma com o smartphone Xperia X devem começar ainda neste mês.

Com foco no uso diário e em aplicações simples, com interface intuitiva para quem não tem tanta intimidade com smartphones, o Sailfish é um sistema operacional iniciante. Até agora disponível em aparelhos da própria Jolla e alguns poucos licenciados de fabricantes menores, ele está prestes a ganhar um palco maior em uma parceria com a Sony, anunciada pela própria empresa japonesa durante o Mobile World Congress 2017.

A revelação veio como uma surpresa para muitos, e o Sailfish deve chegar, pelo menos neste começo, apenas ao Xperia X. A parceria, entretanto, não é muito extensa. Sony e Jolla não venderão dispositivos com o sistema operacional já instalado, e, em vez disso, criarão um programa de atualização para o modelo, com os próprios usuários realizando a troca de plataforma por sua conta e risco.

É uma noção que não se encaixa muito bem com as primeiras informações sobre o desenvolvimento dessa versão do Sailfish. Não se ouviu nada sobre isso desde o anúncio da parceria, no início do ano, e apenas agora a Jolla veio a público para dizer que os trabalhos estão caminhando. O Xperia X, entretanto, é o primeiro dispositivo compatível com a plataforma a ter um processador ARM de 64-bits, algo que vem representando um desafio.

Justamente daí que vem a ausência de informações, mas, agora, a companhia parece disposta a falar no assunto. Segundo ela, o desenvolvimento vai bem, apesar de alguns problemas de desempenho e compatibilidade com o componente. A versão Beta a ser lançada em julho deve contar com algumas pequenas falhas, mas já será bem parecida com a edição final, que ainda não tem data de liberação.

O Sailfish chegará aos entusiastas que desejarem realizar os testes em seu firmware 2.1.1, que também deve ser a versão final. O feedback dos usuários, então, comporá a etapa derradeira de produção e otimização do sistema, que também servirá como um trabalho preliminar para que a plataforma possa ser aplicada também a outros dispositivos móveis.

Não parece estar sendo fácil, mas a equipe do Sailfish se mostra confiante. Por mais que novas parcerias não tenham sido reveladas, a companhia espera ver os trabalhos que atualmente estão em andamento resultando em um suporte maior. A união com a Sony ajuda a levar a plataforma para a frente, mas, como sempre, restam dúvidas quanto à sobrevivência de um sistema operacional novato em um mundo já dominado pelos maduros e populares Android e iOS.

Fonte: Android Pit

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.