Siga o @canaltech no instagram

Rumor indica que Microsoft ainda está trabalhando em um aparelho dobrável

Por Rafael Rodrigues da Silva | 22 de Fevereiro de 2019 às 21h50
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

Há pouco menos de dois anos a Microsoft parecia que iria revolucionar o mercado mobile. Em outubro de 2017 começaram a circular rumores sobre o Andromeda — projeto de tablet dobrável da companhia — mas, desde então, não somente nada mais foi revelado sobre o aparelho, como até mesmo seu fator de novidade se perdeu, já que diversas empresas já estão desenvolvendo e lançando seus primeiros smartphones cujo display se dobra ao meio.

Mas, ainda que oficialmente a Microsoft nunca tenha confirmado que parou de trabalhar no projeto, fontes seguras da indústria afirmam que ele estava definitivamente morto. Quem alertou sobre isso foi Steven Troughton-Smith, uma figura conhecida no cenário de modificações de iPhones. Discutindo sobre o Andromeda no Twitter, ele lembrou que este era um projeto que estava ligado ao sistema operacional Windows Mobile e, com o fim do desenvolvimento do sistema, o projeto imaginado pela Microsoft podia ser dado como morto.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Só que isso não quer dizer que a Microsoft desistiu de vez da ideia de lançar um dispositivo dobrável: segundo Zac Bowden, editor-chefe do Windows Central, a empresa continua trabalhando no desenvolvimento de um equipamento do tipo, mas que irá rodar o novo Lite OS.

Ele ainda explica que, apesar do nome, o Lite OS não é uma “versão reduzida” do Windows, mas sim um sistema operacional totalmente novo e com uma arquitetura bastante diferente do Windows tradicional, pois é desenvolvido especificamente para rodar em dispositivos com menor poder de processamento.

Assim como ocorreu com o Andromeda há quase dois anos, o Lite OS ainda é um mistério movido por rumores, e o que mais circula pelo mundo da tecnologia é o de que o sistema será desenvolvido para dar maior ênfase em aplicativos para a web, assim como já ocorre hoje nos Chromebooks.

Mas ainda que a Microsoft continue desenvolvendo um aparelho do tipo, é de se imaginar que não apenas o sistema operacional mas também o próprio design deverá mudar. Isso porque o Andromeda foi originalmente pensado como um tablet com duas telas distintas que poderiam ser dobradas ao meio com o uso de dobradiças — uma noção já bastante ultrapassada frente ao uso recente de telas realmente flexíveis. No ano passado, a chinesa Royole saiu à frente lançando seu FlexPai, com a Samsung apresentando de maneira oficial seu Galaxy Fold nesta semana.

Apesar de diversos indícios indicarem que a Microsoft continua trabalhando em um aparelho dobrável, ainda não existe nada além de rumores sobre o dispositivo, e poder demorar ainda um bom tempo até a empresa finalmente revelá-lo ao público — se é que isso ainda vai acontecer. De qualquer maneira, os smartphones dobráveis parecem ser uma das principais tendências do setor mobile a partir de 2019, e diversos desses novos aparelhos serão revelados ao mundo na próxima semana, quando começar o Mobile World Congress, que acontece a partir de segunda-feira (25) em Barcelona.

Fonte: MSPowerUser

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.