Rumor | Galaxy S10 deve chegar em fevereiro, um mês depois do Galaxy X

Por Wagner Wakka | 05 de Julho de 2018 às 07h30
Tudo sobre

Samsung

A Samsung deve apresentar o Galaxy S10 em fevereiro do ano que vem, pouco depois de mostrar o Galaxy X, seu dispositivo dobrável. Ao menos é que indica um rumor disseminado na rede social chinesa Weibo.

Segundo as informações vazadas, a Samsung deve inverter o cronograma apresentado anteriormente em rumores. Antes, a expectativa era de que ela lançasse o Galaxy S10 durante a Consumer Electronic Show (CES) em janeiro de 2019 e mostrasse o seu smartphone dobrável somente na Mobile World Congress (MWC) em fevereiro do mesmo ano.

Contudo, segundo o boato atual, o Galaxy X será apresentado na CES para já começar a ser vendido em fevereiro, antes mesmo da MWC, quando aí seria apresentado o novo modelo da linha S.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A troca faz sentido, uma vez que a CES sempre foi um evento voltado à apresentação de novas tecnologias, como se espera que seja o aparelho dobrável da Samsung. Ainda, ao lançar o Galaxy S10 na MWC, a fabricante repete a estratégia usada neste ano em que também apresentou o S9 no evento global de smartphones.

Outro motivo para a empresa adiantar o lançamento do Galaxy X seria o interesse em reforçar as receitas do ano fiscal de 2018. Analistas apontam que o Galaxy S9 está tendo um desempenho de vendas abaixo do seu antecessor; logo, o lançamento de um novo e realmente inovador produto poderia ajudar a melhorar os números. Vale lembrar que este ano fiscal fecha somente após o primeiro trimestre de 2019.

Além da data, o usuário também levantou o rumor de que a Samsung deve lançar um Galaxy S em tamanho menor, junto com opções maiores do dispositivo. Este seria o esforço da fabricante em mirar consumidores que buscam alta tecnologia, mas não estão dispostos a pagar tão caro por um novo aparelho.

A proposta do Galaxy X é de que sua tela seja totalmente dobrável, sem que haja uma dobradiça no meio, como acontecia com o celulares de flip.

Fonte: Weibo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.