Pesquisa revela que usuários do Galaxy Note7 estão pedindo reembolso

Por Redação | 27.09.2016 às 22:45

Anunciado oficialmente em agosto, o Galaxy Note7 está sendo deixado de lado por uma parcela de seus usuários, que querem evitá-lo pelos casos de explosões em todo o mundo. A Samsung já fez o recall de diversos aparelhos, o que não resolveu, e que provavelmente acelerou esse processo. Aliás, a Samsung está realmente com problemas, já que casos de explosões de outros aparelhos também começaram a aparecer, como o do Galaxy Note II que pegou fogo em um vôo na Índia, assim como um Galaxy S7 Edge nas Filipinas.

Essa situação fez com que muitos usuários passassem a deixar o mais recente top de linha da empresa de lado. O caso mais comum é pedir um reembolso completo (35% dos usuários), o que indica que esses usuários não estão muito preocupados com qual aparelho será o substituto, focando em se livrar de possíveis modelos defeituosos o mais rápido quanto possível.

note7

Entre os que estão optando por outros modelos, 26% deles preferem o iPhone (não necessariamente o iPhone 7, modelo mais recente da Apple) e 21% do total troca o Note7 por um outro modelo da Samsung que não seja ele. Cerca de 18% está disposto a dar "uma segunda chance", trocando o Note7 por outro igual. A pesquisa levou em conta a opinião de 500 proprietários do aparelho nos Estados Unidos.

Segundo os dados da própria Samsung, a porcentagem de reembolso é menor (mas ainda significativa): 25%. Dos que optaram por um novo Galaxy Note7, 90% deles continuam utilizando o aparelho, sendo que 60% dos usuários que compraram o modelo nos Estados Unidos e na Coreia do Sul optaram pela troca. O que acha desses dados? Acredita que a Samsung conseguirá contornar o "explosiongate" (na falta de um termo mais apropriado)? Conte para nós nos comentários!

Fonte: Phandroid