Pela primeira vez, Apple mostra máquina que conserta telas de iPhones

Por Redação | 07 de Junho de 2017 às 13h49
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Quatro anos depois de construir máquinas para permitir que telas de iPhones danificadas sejam reparadas nas próprias lojas da Apple, a gigante de Cupertino está ampliando o acesso às maquinas para terceiros. O que isso significa? Que em breve os proprietários dos smartphones da marca poderão receber reparo padrão da Apple em outras lojas, como a Best Buy.

De acordo com as informações divulgadas pela Reuters, até o final deste ano a Maçã disponibilizará suas máquinas de reparo de telas em 400 centros autorizados. Apesar das revelações garantirem que 25 países receberão a novidade, ainda não há informações sobre lojas no Brasil. O teste piloto começou há um ano, sendo que, além de Miami, algumas máquinas já estão operando em centros de reparos de terceiros na Bay Area (San Francisco), Londres, Xangai e Cingapura. Lojas em alguns países onde a Apple não tem presença no varejo também serão destinatários iniciais, incluindo locais na Colômbia, Noruega e Coreia do Sul.

Segundo a Apple, a iniciativa será introduzida para reduzir o tempo de espera de reparos nas lojas da Apple e também facilitar os consertos em países onde a empresa não possui lojas. "Fizemos uma missão para expandir nosso alcance", disse Brian Naumann, diretor sênior de operações de serviços da Apple. De acordo com ele, o tempo de espera para a realização de reparos cresceu em algumas das lojas mais movimentadas da empresa.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Seja como for, até o momento a companhia havia mantido o design de suas máquinas em segredo, mas pela primeira vez permitiu que o processo de reparo fosse fotografado. Embora a substituição real da tela não seja especialmente complicada, a máquina foi projetada para garantir que a nova tela seja devidamente calibrada e permitir que o sensor de identificação por toque seja substituído sem bloquear o telefone ou perder seu uso. Confira as imagens:

Fonte: 9To5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.