Patente da Apple mostra iPhone dobrável com tela flexível

Por Redação | 22 de Novembro de 2016 às 15h30

Uma patente da Apple divulgada nesta terça-feira (22) revela que há anos a empresa está estudando um formato de iPhone articulado, com projetos que exigiriam um display OLED de base metálica flexível capaz de ser dobrado ao meio.

Concedida pelo Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO), a patente em questão mostra um celular que nos faz lembrar os modelos populares na década de 1990, como o saudoso Motorola StarTAC, que também eram conhecidos como "celulares com flip".

No caso dos modelos antigos, a tela se fechada sobre o teclado, como uma espécie de concha, e, aparentemente, a versão patenteada pela Apple dobra a tela ao meio, reduzindo significativamente o tamanho do gadget na hora de guardá-lo no bolso, por exemplo.

Para conseguir essa façanha, a invenção da Maçã utiliza uma série de componentes flexíveis, sendo o mais importante deles uma tela OLED e o material de metal que dá suporte ao display. No caso da parte metálica, o documento propõe o uso do nitinol, uma liga metálica de níquel e titânio conhecida por seu efeito térmico de memória e superelasticidade.

O documento da patente inclui ainda algumas opções de configurações de hardware capazes de dar suporte à tela dobrável, incluindo algumas dobradiças na parte traseira do smartphone. Um dos formatos indica a opção de encaixar o aparelho na roupa do seu dono, como uma espécie de grampo.

Como 2017 marcará o 10º aniversário, espera-se que a empresa apareça com alguma novidade de peso relacionada ao aparelho. Mas é claro que a concessão da patente não significa necessariamente que a Apple está planejando adicionar essas tecnologias dobráveis ao seu próximo smartphone. Na verdade, considerando a progressão de design dos iPhones ao longo da última década, é provável que uma mudança desse porte demore muito tempo para acontecer.

Via Apple Insider

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.