Obama tira sarro do Galaxy Note 7 explosivo

Por Redação | 21.10.2016 às 13:44

Parece que ainda vai levar um tempo até que as pessoas esqueçam – ou pelo menos deixem de comentar tanto – sobre o problema com as baterias do Galaxy Note 7. A Samsung tem sido alvo de muitas piadas, e nem mesmo o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deixou de fazer graça com o assunto.

Na última quinta-feira (20), Obama estava discursando em um evento em Miami e falou um pouco sobre o Obamacare, a lei federal que mudou o sistema de saúde nos EUA. Falando em defesa do programa, o presidente fez uma analogia interessante, comparando o plano de saúde do governo a uma empresa de smartphones.

"Quando uma dessas empresas lança um novo smartphone...[e] comete alguns erros, o que elas fazem? Elas os corrigem, [elas] atualizam. A menos que ele pegue fogo – então eles o retiram do mercado", disse Obama em meio às risadas da plateia. É claro que ele não nomeou explicitamente a Samsung – e nem precisava, até porque embarcar em um avião com o Galaxy Note 7 se tornou um crime federal nos Estados Unidos.