Novos iPhones podem trazer suporte ao Apple Pencil

Por Felipe Demartini | 02 de Agosto de 2019 às 10h00

A imagem de um jornalista tomando notas com um bloquinho é clássica, quase arcaica, mas algo semelhante pode se tornar realidade em breve, de forma digital. Novos rumores sobre a nova geração de iPhones mais uma vez apontam para a possibilidade de adição do suporte à Apple Pencil nos aparelhos, um recurso que, até agora, só está disponível nos iPads mais recentes.

A aposta é da Citi Research, que, repercutindo a divulgação dos resultados financeiros da Maçã, fez algumas previsões do que podemos ver neste final de ano. E entre boatos que já circulam há algum tempo, como os de uma família de aparelhos com câmera tripla na parte traseira e bordas ainda menores na tela, ou praticamente inexistentes, está mais uma vez a ideia do funcionamento com o Pencil.

Originalmente, o acessório foi criado com foco em quem trabalha com desenho, arte digital ou softwares de precisão, como parte da transformação de abordagem do iPad como um substituto dos notebooks e mesas digitalizadoras convencionais. Entretanto, rapidamente o público também caiu de amores pelo lápis, o que pode levar a Apple a abandonar sua ideia inicial de que ele funcionaria melhor com dispositivos de tela grande.

Os novos iPhones, pelo menos nos sucessores dos modelos XS e XS Max, manteriam suas telas OLED, o que permitiria esse tipo de funcionamento, além de serem grandes o bastante para tornar essa utilização confortável. É claro, os grandes desenhos e obras de arte podem não aparecer aqui, mas nada impede que a Apple também pense em utilizações específicas para quem quer fazer anotações ou apontamentos, fortificando o caráter do smartphone no mercado corporativo. Mas esse é um chute nosso.

Outros rumores apontados pela Citi Research, e que também concordam com boatos anteriores, é o do desaparecimento do recurso 3D Touch em prol de outros sistemas baseados no toque, e a ideia de que a nova geração do iPhone, mais uma vez, será composta de três modelos — os sucessores do iPhone XS e do iPhone XS Max, com telas OLED maiores e o citado trio de câmeras, e outro que segue a linha do iPhone XR, com display LCD e menos sensores, mas hardware semelhante e preço mais baixo.

A Apple, como sempre, não se pronunciou sobre o assunto. A empresa não fala sobre novidades desse tipo fora de seus eventos oficiais, e o próximo, teoricamente, deve acontecer nos próximos meses, anunciando a nova geração de iPhones para um lançamento mundial no final deste ano.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.