Nova imagem vazada 'confirma' corpo do iPhone 7 igual ao do iPhone 6s

Por Redação | 09 de Maio de 2016 às 18h19

O sempre confiável perfil OnLeaks, no Twitter, trouxe nesta segunda-feira (9) uma novidade bastante significativa para os fãs da Apple. A conta publicou uma imagem vazada daquilo que seria um esquema do projeto do novo iPhone 7, ainda não anunciado oficialmente pela Maçã, mas alvo de inúmeros rumores ao longo dos últimos meses.

Segundo a fotografia revelada no dia de hoje, o corpo do futuro iPhone 7 é virtualmente idêntico ao do iPhone 6 e do iPhone 6s, com basicamente nenhuma mudança em relação ao que já se vê por aí nas prateleiras das lojas que vendem os smartphones da companhia. Falando em termos de número, segundo a foto vazada, o iPhone 7 deve contar com 67,12 milímetros de largura por 138,3 milímetros de altura, enquanto o iPhone 6s vem com 61,1 mm de largura por 138,3 mm de altura. A espessura de ambos os gadgets também seria igual: 7,1 milímetros (apenas 1 milímetro mais finos do que o iPhone 6).

Ou seja, a previsão é uma espécie de balde de água fria em quem esperava alguma novidade muito radical no corpo do iPhone, mas também pode significar um alento para quem é fã do formato adotado pela Apple desde 2014, com o iPhone 6.

iPhone 7

Foto de suposto projeto do iPhone 7 confirma corpo idêntico ao do iPhone 6s. (Foto: Reprodução/OnLeaks)

Nada de duas câmeras traseiras

Outro detalhe notável na imagem vazada é a ausência de uma segunda câmera traseira no iPhone 7 — ao menos nesta fase do projeto, que pode ser uma versão inicial ou referente apenas ao modelo básico do gadget, visto que rumores apontam para que a câmera dupla esteja presente apenas no iPhone 7 Plus (ou de outro modelo chamado de "iPhone 7 Pro").

Mas há ainda outra novidade em relação ao dispositivo de captura de imagens da parte de trás do iPhone. Como é possível notar na imagem, o espaço reservado para a lente é um pouco maior do que aquele presente nas traseiras dos iPhones 6 e 6s, o que sugere um possível aumento do número de pixels do sensor, bem como uma abertura mais ágil para registrar fotos melhores e com mais precisão.

Sem antena

Por fim, outro ponto fácil de ser notado é a ausência de qualquer aspecto físico de uma antena na parte de trás do iPhone (mais uma vez, é possível que a imagem seja apenas um esquema inicial do aparelho no qual esses detalhes não foram tratados, mas podem pintar na versão final do gadget). É natural imaginar que estas não seriam as únicas mudanças no aparelho, que deve trazer hardware e bateria mais potentes. Resta saber se estes recursos serão suficientes para reverter o quadro inédito de queda das vendas anuais do iPhone.

Fonte: OnLeaks

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.