Nova geração de iPhones pode ser mais grossa

Por Redação | 06 de Julho de 2015 às 11h30
photo_camera Divulgação

Parece que uma das principais falhas de design do iPhone 6 Plus não vai existir mais quando a já dada como certa versão “melhorada” dele chegar às lojas no final do ano. De acordo com modelos vazados, que revelaram as dimensões do suposto novo produto, ele será 0,2 mm mais grosso que o antecessor, no que pode indicar a adição de componentes de proteção extra na parte de dentro ou, acreditam os mais esperançosos, uma bateria maior.

A mudança na grossura se daria tanto no suposto iPhone 6S Plus quanto na versão convencional, à qual se referem os modelos vazados. Saindo dos 6,9 mm de espessura do antecessor, os novos dispositivos passariam a contar com 7,1 mm, uma pequena diferença, mas que parece ser suficiente para evitar o problema que tanto foi comentado no ano passado, quando os novos modelos chegaram às lojas.

Apesar da Apple ter negado tal possibilidade, na época analistas apontaram um problema estrutural como a causa do entortamento. O iPhone 6 Plus seria fino demais para suas dimensões e, com um corpo feito quase que completamente de alumínio, acabava sendo maleável. Usuários chegaram a relatar aparelhos que perderam a forma e chegaram a arrebentar na parte traseira após alguns dias de uso normal, sendo guardado no bolso da calça.

iPhone 6s schematics

Outra hipótese para o aumento de tamanho seria a adição de uma camada extra sob a tela de toque para permitir a adição do Force Touch. A função, já existente nos notebooks da Apple, permite que o dispositivo reconheça a pressão exercida pelo usuário sobre o display, distinguindo, por exemplo, um leve toque de um pressionamento completo e resultando em utilizações diferentes de acordo com isso.

De resto, não deve haver mudanças no design. O iPhone 6S deve chegar com o mesmo posicionamento de botões e a mesma estrutura circular que tanto chamou a atenção no ano passado. As dimensões são exatamente as mesmas em todo o restante do corpo do dispositivo. A câmera, também, parece continuar protuberante, mesmo com o aumento na espessura, o que para alguns, já é indicação de que a Apple confirmará mais um rumor e também aumentará os megapixels do sensor, de oito para 12, o que exigiria um componente um pouco maior.

São muitas as hipóteses, mas nenhuma confirmação efetiva. Os vazamentos de informações relacionadas aos novos iPhones são quase diários, mas, como sempre, a Apple não faz nenhum tipo de comentário sobre eles. A empresa prefere falar sobre seus novos produtos nos próprios termos, em eventos dedicados a anúncios e revelações, que cada vez mais se transformam em confirmações de boatos do que em novidades propriamente ditas.

A expectativa é que a nova geração de iPhones – que deve trazer mudanças de hardware, melhorando aquilo que já está disponível hoje – seja anunciada nos próximos meses. O lançamento, como sempre, estaria marcado para o final do ano, bem a tempo da Black Friday e da temporada de compras de Natal.

Fonte: Engadget

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.