Motorola One Vision chega ao Brasil custando R$ 2 mil

Por Wellington Arruda | 15 de Maio de 2019 às 11h30
Canaltech
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Motorola One Vision

Ficha técnica

Nos dias de hoje, dificilmente as fabricantes conseguem esconder totalmente os seus smartphones antes do lançamento. Tomemos como exemplo o One Vision: em março, o smartphone foi listado em um pedido de homologação pela Agência Nacional de Telecomunicações e há poucos dias teve novas imagens e especificações vazadas.

Pois bem, aconteceu: o One Vision é oficial. A Motorola fez o anúncio do smartphone em São Paulo nesta quarta-feira (15), confirmando o design mais esticado e outras características. Nas cores azul e cobre, o aparelho chega ao Brasil por R$ 1.999.

Ele é o sucessor direto do Motorola One, lançado em outubro de 2018 por R$ 1.499. Por aqui, a principal mudança visual está no display: no lugar do notch da geração anterior, a Motorola adotou um “buraco” para abrigar a câmera de selfies que tem 25 MP (f/2.0).

  • Quer comprar o Motorola One Vision com desconto, por apenas R$ 1.799? Então confira esta oferta!

Isso faz com que o Motorola One Vision tenha uma melhor relação da tela para com o corpo. Assim, o novo smartphone pula das 5,9 polegadas da geração anterior para 6,3 polegadas (IPS LCD) com resolução Full HD+ (2520 x 1080 pixels). A fabricante adota o nome de CinemaVision e a proporção 21:9.

Atualmente, uma boa parte das empresas utiliza telas com proporção 18:9, 18.5:9, 19:9, 19.5:9 e afins. O One Vision tende, então, a um padrão ainda mais esticado. Este movimento, de certa forma, já era esperado dada a evolução nos últimos dois anos em dispositivos móveis e pela adoção de novas tecnologias nos displays.

Desta forma, o novo smartphone também aposta em conteúdo multimídia para atrair o público. Ele possui entrada P2 para fones de ouvido (embora não haja saída estéreo de som), suporte a Dolby Audio (com app dedicado) e entrada compartilhada (híbrida) para até dois chips de operadora e/ou cartão microSD.

O One Vision pesa aproximadamente 180 gramas e o design é em vidro 4D. A fabricante também envia uma capinha transparente de silicone para proteção.

Dentre os recursos, há no One Vision um leitor biométrico na traseira (com o logo da marca posicionado no interior) e um sistema duplo de câmeras. O sensor principal tem 48 MP (f/1.7 - 1/2.25" - 1.6µm) com estabilização óptica de imagem (OIS); ele “renderiza” as imagens em 12 MP, unindo quatro pixels em apenas um – o chamado Quad Pixel – para ter “mais sensibilidade à baixa luminosidade”.

Thiago Masuchette, head de produtos da Motorola Brasil, cita o modo Night Vision como um diferencial do smartphone. Ele é responsável por capturar imagens mais claras e nítidas em ambientes com baixa iluminação, combinando o software e hardware (mais sensível à luz).

O sensor secundário de 5 megapixels é responsável por capturar mais detalhes das composições. Ele também ajuda nas fotos com o modo retrato e outros, como os de recorte e cor em destaque.

O aparelho ainda traz suporte ao modo manual, no qual é permitido fazer ajustes no foco, balanço de branco, ISO, exposição, temperatura das cores e velocidade do obturador. Há, inclusive, um recurso de inteligência artificial chamado “Composição inteligente”, que ajudar a nivelar as imagens e aplicar a regra dos três terços, como indicado pelo software. O smartphone também traz suporte ao Google Lens.

Os modos de gravação do One Vision permitem fazer vídeos em Full HD e HD a 30 fps, Full HD a 60 fps, 4K (3840 x 2160 pixels) a 30 fps e em câmera lenta Full HD a 120 fps ou HD com o dobro da taxa de quadros. A câmera frontal também é capaz de registrar vídeos em Full HD a 30 fps ou em câmera lenta nas mesmas resoluções e taxas da traseira.

Um novo Android One no pedaço

O Motorola One Vision está sendo lançado com Android 9 Pie e, até o presente momento, com o patch de segurança de abril. Ele também é participante do Android One, logo as adições de software da fabricante ficam por conta do aplicativo Moto – Tela e Ações.

Esse suporte do Android One pode significar, além de uma versão mais “pura” do sistema operacional, que atualizações chegarão mais rapidamente. A estimativa é de que ele receba dois updates de software (Android 10 e o seguinte), além de três anos de atualizações com patches de segurança a partir do lançamento.

O hardware é alimentado pelo chip Exynos 9609, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno (cerca de 110 GB livres). Para efeito de comparação, o Moto One do ano passado veio com Snapdragon 625, 4 GB de RAM e metade do espaço interno. A bateria do dispositivo tem 3.500 mAh com suporte a TurboPower (USB-C) — 500 mAh a mais do que o modelo anterior. Ele ainda conta com NFC e Bluetooth 5.0.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas Motorola One Vision

  • Carrefour
    Smartphone Motorola Moto One Vision 128GB Bronze Tela 6,3 ´ Câmera Dupla 48MP Selfie 25MP Android 9.0 Pie 5718082
    R$ 1.459,00 em 10x R$153,58 sem juros
  • Amazon
    Smartphone One Vision, Motorola, Modelo XT1970 - 1, 128 GB, 6.34 ´ ´ , Azul Safira
    R$ 1.472,63 em 10x R$147,26 sem juros
  • Submarino
    Smartphone Motorola One Vision 128GB Dual Chip Android Pie 9.0 Tela 6,3 ´ 4G + Câmera 48+5MP - Azul Safira
    R$ 1.484,09 em 10x R$164,90 sem juros