Moto Z e Moto Snaps chegam ao Brasil em setembro

Por Adriano Ponte | 19 de Julho de 2016 às 20h13
Tudo sobre

Hoje (19), em uma coletiva de imprensa (bem reservada) em sua sede de São Paulo, a Motorola oficializou a chegada do Moto Z ao Brasil... mas somente após alguns meses de espera.

Como demonstrado no anúncio do aparelho no exterior este ano, o grande foco de pesquisa e marketing da empresa foi a modularidade do Moto Z. Segundo a apresentação, os "snaps" (módulos) que complementam o Z são a resposta da empresa para avançar em inovação mobile.

Parte do desafio para a modularidade foi combinar no corpo do aparelho o alumínio aeronáutico com os módulos sem interferir na capacidade de transmissões por radiofrequência (ou seja, Bluetooth, Wi-Fi e afins).

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Sem data oficial ou preço definido, os aparelhos que devem ser comercializados aqui no Brasil virão com chip Qualcomm Snapdragon 820, capacidade de armazenamento de 64GB – com a possibilidade de expansão para 2TB com microSD –, 4GB de RAM, Câmera frontal de 5MP e traseira de 13MP (sendo possível a gravação de vídeos em 4K). A bateria do Moto Z é de 2.600 mAh e o aparelho ainda conta com um entrada USB tipo C. O aparelho tem tela de 5,5 polegadas Quad HD e 5,2mm de espessura.

E o novo representante da linha Moto ainda traz uma novidade interessante. Chamada de "Dual Sim inteligente", a nova tecnologia do aparelho dá ao usuário a possibilidade de usar 2 cartões SIM ao mesmo tempo ou usar um cartão SIM e o outro slot para o microSD.

Moto Snaps

Outro diferencial da nova linha Z da Lenovo são os Moto Snaps, que são módulos extras encaixados no aparelho. Eles também não possuem um preço definido, mas virão em quantidade reduzida para o lançamento.

Os modelos de Moto Snaps que chegarão ao Brasil são o auto-falante da JBL, que garante 10 horas de som com bateria interna e só passa a consumir a carga do aparelho após o término dessas horas; e um módulo que funciona como um mini projetor, o Insta-Share Projector, capaz de exibir filmes com qualidade em até 480p. Este último chega a durar 1 hora com a bateria interna, antes de consumir a bateria do aparelho. A lâmpada do projetor tem autonomia de 10 mil horas e ele projeta filmes em 70" com 50 lumens.

Moto Snaps

O terceiro Moto Snap que será comercializado no Brasil é o de bateria, que adiciona 2.200 mAh de energia ao dispositivo e o usuário pode escolher, pelas configurações, se ela carrega a bateria do telefone infinitamente ou se completa a longevidade do aparelho.

Moto Snaps

E utilizar estes snaps é algo bem simples, diga-se de passagem: basta encaixá-los na parte traseira do dispositivo e eles já funcionam instantaneamente.

Junto com o lançamento estarão disponíveis três tipos de capinhas para o celular, com acabamento em madeira, couro e tecido (Nylon), chamadas de Moto Style Shells. Elas também nivelam a traseira do Moto Z, protegendo a câmera saltada do aparelho.

Snaps Futuros

Ficou ainda o reforço por parte da Motorola de que os Snaps de hoje serão compatíveis com aparelhos da linha Z do ano que vem, bem como surgirão outros através da plataforma de desenvolvimento de Snaps com desenvolvedores parceiros.

PRINCIPAIS ESPECIFICAÇÕES

Moto Z

- Tela AMOLED de 5.5" (1440 x 2560 pixels) de ~535 ppi (com Corning Gorilla Glass 4)

- Android v6.0.1 (Marshmallow)

- Chipset Qualcomm Snapdragon 820

- CPU Dual-core 2.15 GHz Kryo & dual-core 1.6 GHz Kryo)

- GPU Adreno 530

- 4 GB RAM

- 64 GB de armazenamento (com suporte a microSD)

- USB tipo C

- Câmera principal de 13 MP (f/1.8, foco a laser, OIS)

- Câmera frontal de 5 MP

- Bateria de 2600 mAh.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.