Mensagem de engenheiro da Apple indica que Face ID permanece com usuário único

Por Redação | 01 de Dezembro de 2017 às 19h02
Tudo sobre

Apple

Bastou um e-mail enviado por um proprietário do iPhone X para que a Apple revelasse parte dos seus planos para a tecnologia de identificação. Uma mensagem de Craig Federighi, chefe da engenharia de software da empresa, em resposta a um cliente, deixou claro que não há planos de permitir autenticação de mais de um usuário para o Face ID.

O que levou o dono do celular a escrever para a Apple foi o fato de que o iPhone X não permitir que mais de uma pessoa cadastre sua identidade para desbloqueio. Isso não acontecia com o Touch ID, e essa foi a alegação do cliente.

A identificação digital permite o cadastro de até cinco dedos, e não há impedimento para que outra pessoa coloque sua digital. Mas a ideia da Apple, segundo Federighi, era possibilitar que o usuário colocasse diferentes dedos, para facilitar o manuseio, e não cadastrar outras pessoas.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já o cliente alegou que essa solução permitia que sua mulher também acessasse o celular, o que não é possível com a identificação única do Face ID.

Sem planos imediatos

Federighi afirma, no e-mail, que o Face ID pode, eventualmente, autenticar vários rostos à medida que o sistema evoluir no futuro, mas ele deixa claro que a Apple não possui planos imediatos para implementar essa possibilidade.

A Apple diz que o Face ID tem 1 chance em 1 milhão de dar um falso match, enquanto no Touch ID a proporção é de 1 em 50 mil.

A troca de mensagens foi publicada no Reddit e depois confirmada pelo MacRumors de que teria saído dos servidores de Cupertino.

Fonte: MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.