Mas hein? Consumidor compra maçãs e ganha iPhone de brinde

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 14 de Abril de 2021 às 12h20
Apple

A Apple é mundialmente famosa por sua principal marca registrada, a maçã mordida. O fruto tem sido associado com a marca desde os seus primórdios, quando Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne começaram o negócio com o Apple I. Desde então, a fabricante marcou a indústria com lançamentos de grande impacto, como o iPod e a própria linha iPhone, responsável por ditar o futuro dos smartphones.

Nesta semana, a Maçã protagonizou um episódio curioso envolvendo justamente a compra de um punhado de maçãs. Ao adquirir algumas unidades do alimento pelo site da varejista britânica Tesco, um consumidor acabou se surpreendendo com um brinde: um novo iPhone. O presente faz parte de uma promoção que a rede está realizando em algumas de suas lojas no Reino Unido.

Tesco "substitui" sua compra por um eletrônico

O britânico Nick James comprou através do site da Tesco uma sacola de maçãs, para então retirá-la em uma unidade Tesco Extra próxima de sua casa. Ao coletar a compra, o consumidor se deparou com uma mensagem da varejista de que havia uma surpresa no pacote. Ao periódico britânico Mirror, James disse que esperava por um ovo de páscoa, ficando chocado ao perceber que se tratava de um iPhone SE 2020.

A promoção da Tesco pode premiar clientes com diferentes eletrônicos (Imagem: Reprodução/Mirror)

O brinde é parte da promoção "Super Substitutes" da Tesco, que premia alguns consumidores com eletrônicos ao comprarem determinados itens. As maçãs poderiam conceder um iPhone SE, enquanto um pacote de Mini Cheddars, uma espécie de salgadinho local, pode dar direito a um iPhone 12 mini. Os brindes estão sendo distribuídos apenas em lojas de cidades como Manchester, Glasgow, Londres e Birmingham.

iPhone SE é celular "acessível" da Apple

Oficializado em abril de 2020, o novo iPhone SE é parte da estratégia da Apple de ampliar as faixas de preço em que está inserida, tática que chegou a causar problemas para intermediários Android. O aparelho é equipado com chipset Apple A13 Bionic, mesmo utilizado na família iPhone 11, acompanhado de 3 GB de RAM e 64 GB, 128 GB ou 256 GB de armazenamento.

Com chip de iPhone 11, o iPhone SE foi lançado para brigar com os intermediários Android (Imagem: Reprodução/Magazine Luiza)

Sua proposta é oferecer a experiência da marca e alto desempenho a preço mais baixo e, assim sendo, há um bom número de cortes em relação ao iPhone 11. O dispositivo conta com visual do iPhone 8, tela IPS LCD Retina de 4,7 polegadas com resolução de 1334 x 750 pixels, câmera frontal de 7 MP, traseira de 12 MP, certificação IP67 de resistência à água e poeira, além de bateria modesta de 1.821 mAh com suporte a carregamento de 18 W. O telefone também é vendido no Brasil, a um valor relativamente baixo considerando seu desempenho.

Fonte: iMore, Mirror

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.