Linha Zenfone 3 desembarca no Brasil. Confira os preços!

Por Leandro Souza | 25.10.2016 às 19:00 - atualizado em 25.10.2016 às 20:40

A Asus realizou no início da noite desta terça-feira (25), o lançamento de sua nova família de smartphones Zenfone no Brasil. Na ocasião, foi oficializada a chegada do Zenfone 3 e Zenfone 3 Deluxe, aparelhos já esperados pelo público, assim como o Zenfone 3 Max, smartphone de configurações mais modestas que os outros dois da linha, apesar de ter uma bateria mais robusta. Além disso, a companhia anunciou para o Brasil dois modelos do Zenwatch, que virá em sua segunda e terceira geração.

Zenfone 3

O Zenfone 3 é o carro-chefe da linha, mas é o intermediário premium da família (o papel de intermediário mesmo ficou para o Zenfone 3 Max). Ele traz um design bem apurado e tem boas chances de repetir o sucesso do antecessor. O aparelho conta com uma tela LCD de 5,5 polegadas, processador Snapdragon 625, 4 GB de memória RAM e tem versões com até 64 GB para armazenamento. Sua câmera traseira faz fotos de até 16 megapixels (e grava em 4K), enquanto a frontal registra imagens em até 8 MP. Além de tudo isso, o gadget conta com bateria de 3.000 mAh, leitor de impressão digital e entrada USB-C 2.0. Ele vem compatível com 4G e 3G no país.

Tanto a parte de trás quanto a parte da frente do Zenfone 3 é coberta por vidro com proteção Gorilla Glass. O acabamento lateral é completamente metálico, o que dá uma sensação premium ao smartphone da ASUS, mesmo com suas especificações o colocando no mercado intermediário — e, de fato, este é o foco do dispositivo. Este modelo estará disponível em quatro cores diferentes: ouro, azul, preto e branco e chegará em versões custando R$ 1,499 (3GB de RAM e tela de 5,2") e R$ 1,799 (4GB de RAM e tela de 5,5").

Zenfone 3 Deluxe

Esta é a aposta da Asus para alcançar um consumir mais exigente e com maior poder aquisitivo, batendo de frente com os principais nomes do mercado, como o iPhone 7 e Samsung Galaxy S7. O preço não esconde esta intenção, já que o aparelho sai por nada menos que R$ 3,599 em sua versão mais simples, com processador Snapdragon 820 e 64GB de armazenamento. A versão mais premium, com 256GB de armazenamento e processador Snapdragon 821, o mais poderoso da Qualcomm até o momento, sai por R$ 4,399.

O Zenfone 3 Deluxe tem uma cobertura unibody de alumínio e traz uma antena invisível embutida nesta estrutura — segundo a ASUS, este é o primeiro smartphone do mundo a contar com esta tecnologia.

Por baixo do capô, nós também temos o smartphone mais potente da família: processadores Snapdragon 820 ou 821, 6 GB de memória RAM, com clock de 2,4Ghz. A parte traseira é levemente curvada, o que garante uma pegada mais anatômica. A tela é um pouco maior do que a do irmão caçula, com 5,7 polegadas, e conta com tecnologia AMOLED e resolução 1080p. A câmera traseira é de 23MP, podendo ser ampliada para até 92MP via software. A combinação garante reproduções mais nítidas e com mais brilho quando o aparelho é comparado ao Zenfone 3 convencional.

Zenfone 3 Max

A novidade no lançamento da Asus foi a chegada do Zenfone 3 Max, já lançado no mercado indiano e uma investida da Asus em ter um representante da família Zenfone 3 na camada mais baixa do segmento intermediário, competindo com produtos como o Moto G4, por exemplo. Nas lojas, ele sairá por R$ 999 em sua versão de 5,2" (2GB de RAM) e R$ 1,199 (2GB de RAM) e R$ 1,299 (3GB de RAM) em suas versões de 5,5".

Ele vem em duas versões, ambas com chip Snapdragon 430, mas podendo ser de quatro ou oito núcleos, com 1,4Ghz e versões em 2GB e 3GB de RAM, com 16GB ou 32GB de armazenamento. A tela será IPS Full HD com Gorilla Glass 2,5 e também virá em dois tamanhos de tela, de 5,2" ou 5,5". A câmera traseira é de 13MP, a frontal é de 8MP e o aparelho vem com leitor de impressão digital.

Além disso, ele será um pouco mais pesado e espesso que o Zenfone 3 normal, com 175g e 8,3mm - o Zenfone 3 tem 155g e 7,69mm. Entretanto, esse tamanho adicional tem uma explicação: o telefone terá uma reforçada bateria de 4100 MAh, acima dos 3000 MAh do Zenfone 3. Ele também pode funcionar como power bank, carregando outros dispositivos.

ZenWatch 2 e 3

Um anúncio que pegou muitos de surpresa foi a chegada de não uma, mas duas linhas de smartwatches para o consumidor brasileiro. Alguns já esperavam que o ZenWatch 2 fosse desembarcar em terras canarinhas, já que o produto foi lançado lá fora há um bom tempo, mas a Asus se antecipou e também trará para o país o seu mais recente lançamento em wearables, o Zenwatch 3, que foi lançado em maio passado na Computex e ainda nem chegou em muitos mercados internacionais.

O Zenwatch 2 será a opção mais acessível para o consumidor médio, saindo a partir de R$ 999. Rodando com Android Wear 2.0, ele vem com uma tela de 1,63" AMOLED com resolução 320x320 e um processador Snapdragon 400 de quatro núcleos rodando a 1.2 GHz. A memória interna do dispostivo será de 4GB, com 512MB de memória RAM. A bateria é 400 mAh, podendo durar até dois dias com uma carga. Além disso, ele é facilmente customizável, desde a pulseira, pois ele usa um tamanho padrão de pulseiras de relógios, até a sua interface, que conta com mais de 60 layouts.

Com apenas 9,95 milímetros de espessura e produzido com aço inoxidável, o modelo premium Zenwatch 3 conta com um design mais tradicional, com acabamento circular em vez de retangular como o seu antecessor. Ele conta com um processador Snapdragon 2100, sendo o primeiro smartwatch a contar com o novo chip, que apresenta um desempenho superior ao Snapdragon 400, utilizado em quase todos os relógios com Android Wear do mercado. Rodando com Android Wear 2.0, o ZenWatch 3 tem também 4GB de armazenamento de 512MB de RAM, com uma bateria menor, com 341mAh. Ele possui certificação IP67, que o torna resistente a água, e será vendido em preços a partir de R$ 1,799.