Lenovo Phab 2 Pro chega para mostrar do que o Project Tango é capaz

Por Redação | 28.10.2016 às 00:25

Até que enfim! Parece que dessa vez, a coisa anda. Depois que o Google desistiu de seu Project Ara, que tinha como objetivo lançar um smartphone modular, seu chamado Project Tango já se mostrou eficiente para poucos e seletos desenvolvedores e pesquisadores. E na próxima semana, veremos a tecnologia ser lançada embarcada no Phab 2 Pro, pelas mãos da Lenovo.

Neste ano, como bem lembra o Slash Gear, a chinesa mostrou como seria sua nova linha na conferência Tech World, que rolou em junho. O trio de dispositivos apresentados conta com dois smartphones Android (um dourado e outro prateado) e o diferentão Phab 2 Pro, que é grande o suficiente para suportar a nova tecnologia. Sim, ele tem esse tamanho todo justamente para fazer jus ao Tango (apesar de os dois outros modelos também serem bastante "teludos" e serem destinados a rodar filmes e vídeos).

Se você ainda está se perguntando o que seria o tal projeto, a gente faz questão de lembrar: é uma tentativa do Google de trazer o sistema de visão, captura e geração de imagens dos computadores para dispositivos comuns, na palma da mão do usuário. Em outras palavras, os mesmos componentes, cálculos e esquemas que dão vida à realidade aumentada farão parte do Phab 2 Pro.

Inclusive, o Project Tango também é capaz de realizar um "scan" de uma imagem comum e transformá-la em 3D. Ou seja, com ele o usuário consegue tirar uma foto, medir a profundidade da imagem e, ao final, transformá-la em um ambiente 3D na tela — algo quase holográfico e bem diferente do que fazem os smartphones atualmente, que utilizam imagens planas, bidimensionais, para exibi-las depois.

Mas não podemos nos esquecer de mencionar o que o phablet da Lenovo trará debaixo do capô: além da tela enorme, de 6,4 polegadas e 2560x1440 de resolução, ele vai contar com um processador Snapdragon 652, da Qualcomm (nada extraordinário, mas segundo as duas empresas, o chip foi feito "sob medida" para o Phab 2 Pro), 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento e uma bateria bem parruda, de 4.050 mAh de capacidade.

Já os Phab 2 trazem uma tela HD do mesmo tamanho da do Phab 2 Pro, mas como são voltados para vídeos e filmes, possuem áudio Dolby Atmos. Eles vêm com câmera traseira de 13 megapixels, processador MediaTek MTK 8735, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. Todos os modelos devem vir com o Android 6.0 Marshmallow de fábrica.

Segundo a página oficial da linha Phab 2, os aparelhos farão sua estreia no mercado já na próxima semana, mais precisamente no dia 1º de novembro. A Lenovo não comentou mais nenhum detalhe sobre o novo aparelho com o prometido recurso do Google, mas as especulações não param e analistas apostam que ele custe US$ 499 (cerca de R$ 1.600, sem os impostos). Já o Phab 2 "normalzinho" (nas cores dourada e cinza) chegará por US$ 200 (cerca de R$ 650, sem os impostos), como informa a página da Lenovo.

Fonte: Lenovo (site oficial), via Slash Gear