Land Rover apresenta protótipo de carro controlado por smartphone

Por Redação | 18.06.2015 às 14:07

Lembra do filme do James Bond, em que Pierce Brosnan escapou de algum tiroteio trazendo seu BMW 750iL pelo celular? Pois é, a façanha pode até virar realidade em um futuro não muito distante. Isso porque a Land Rover apresentou, nesta semana, um protótipo de um Range Rover que pode ser controlado através de um aplicativo no smartphone.

Enquanto empresas como Tesla e Google tentam criar um carro autônomo com piloto automático, a solução da Land Rover é bem mais realista e foca em uma solução para um "problema" real. O sistema é voltado para auxiliar o motorista, principalmente na hora de estacionar. Ao chegar próximo à vaga do estacionamento do shopping, por exemplo, você sairia do veículo, abriria o app e colocaria o carro na vaga como se fosse um carrinho de controle remoto.

Como medidas de segurança para prevenir que o usuário leve o carro para passear na rua, quando operado pelo smartphone a velocidade máxima é de apenas 6,4 km/h. Além disso, é necessário estar no máximo a 10 metros de distância. E não se preocupe em ser atropelado pois o veículo para se o motorista se aproximar muito.

Como a empresa fabrica carros offroad, a idéia por trás do projeto é não só auxiliar no estacionamento mas também, principalmente, com manobras em terrenos hostis como lamaçais, onde o motorista pode tomar melhores decisões tendo uma visão de fora do veículo.

A Land Rover também está desenvolvendo seu sistema de direção autônoma mas seu princípio de funcionamento será diferente do que está sendo feito por Tesla, Google e outras. Enquanto as tecnologias tradicionais giram em torno de outros veículos se locomovendo em uma área urbana, com sensores, radares e outros métodos para detectar todo esse movimento, passando as informações para o carro tomar decisões, a Land Rover está trabalhando em um sistema próprio. Chamado Solo Car, ele vai permitir uma direção autônoma mesmo em áreas sem nenhum outro veículo ao redor, através de uma série de sensores que escaneiam o ambiente ao redor.

Por enquanto as tecnologias não passam de protótipos e não se sabe quando poderão chegar ao mercado nos produtos da marca.

Via Mashable e Wired.