iPhones de 2019 podem chegar sem aquele recorte horrível no topo da tela

Por Redação | 17 de Janeiro de 2018 às 08h38

Sabe aquele recorte no topo da tela do iPhone X que se tornou motivo de reclamação para muitos usuários? Pois é possível que a Apple tenha descoberto uma maneira de reduzir o "notch" nos iPhones que serão lançados em 2019.

No iPhone X, esse espaço precisou ser recortado para acomodar os sensores acoplados à câmera frontal, que servem para fazer o mapeamento do rosto do usuário para a autenticação via Face ID. Como a Maçã não pretende voltar a usar a leitura de digitais para o desbloqueio, adotando o reconhecimento facial de uma vez por todas, a ideia, então, é reduzir o espaço para os sensores, ampliando mais um pouco o espaço útil da tela.

Segundo informações do ETNews, enquanto os iPhones de 2018 (a serem anunciados em setembro) trarão um recorte igual ao do iPhone X, os modelos do ano que vem finalmente agradarão aos tantos usuários que detestaram com todas as forças o tal do "notch". Para isso, a Apple precisará buscar junto aos fornecedores de componentes soluções que façam o reconhecimento facial junto à câmera frontal, mas ocupando ainda menos espaço no interior do aparelho.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Contudo, nada foi confirmado pela companhia de Cupertino, que não costuma falar sobre rumores da indústria de smartphones. Ainda assim, é uma boa notícia para quem deseja comprar um novo iPhone no futuro próximo, mas que tem aversão àquela tela recortada no topo. Afinal, um "notch" menor significa, além de uma estética mais agradável, mais espaço útil no display.

Fonte: BGR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.