iPhone é recuperado através de localizador duas horas após roubo

Por Redação | 21 de Julho de 2016 às 16h20
photo_camera Divulgação

Um iPhone 4s de uma estudante de 18 anos foi recuperado com a ajuda do rastreador do aparelho, na última quarta-feira (13) em Guarapuava, no Paraná. A tecnologia permitiu que, com a ajuda da Polícia Militar, a estudante pudesse encontrar o ladrão duas horas após o roubo ser realizado. Franciele Kruge foi perseguida por um desconhecido por volta das 21h40 quando estava voltando da academia.

"Não havia ninguém na rua, tudo estava deserto. Meu medo era tanto que resolvi acelerar o passo e ligar para os meus pais. Quando estava falando com minha mãe, o rapaz com uma faca apontada para a minha barriga exigiu que eu entregasse o telefone", relatou. De acordo com a jovem, o rapaz teria exigido que ela caminhasse até um terreno abandonado e tirasse a roupa. Foi então que Kruge saiu correndo e conseguiu escapar.

Em sua casa e com a Polícia Miliar fazendo ronda pela região em busca do ladrão, a estudante resolveu agir para proteger suas informações no celular, uma vez que ele encontrava-se desbloqueado. Kruge pediu a ajuda de um primo, que tem conhecimento mais avançado sobre tecnologia. Inicialmente, a ideia era apenas apagar o conteúdo do aparelho remotamente, mas, tendo em vista que o ladrão não havia desligado o iPhone e o mantinha conectado à internet, foi possível descobrir o paradeiro do dispositivo. Através do localizador do iPhone 4s, o "Buscar Meu iPhone" (Find My iPhone), o primo de Kruge conseguiu identificar a localização do smartphone, que foi informado à polícia.

Com as informações em mãos, os policiais foram até o local e encontraram o ladrão de 31 anos, que foi prontamente reconhecido pela vítima como autor do roubo. Ele foi preso e responde por roubo e tentativa de estupro. "Recuperei o meu celular intacto. Do mesmo jeito que foi, voltou. Mas o que me deixa mais feliz, é ter tirado esse cara que me fez tão mal psicologicamente de circulação, evitando que faça o mesmo com outras pessoas", afirmou a jovem.

Via UOL

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.