iPhone 7 pode utilizar modem LTE super-rápido

Por Redação | 11.02.2016 às 12:06

Se os novos rumores sobre o iPhone 7 estiverem corretos, parece que a nova geração de smartphones terá a conexão com a rede móvel mais veloz de sua história. De acordo com as informações não confirmadas oficialmente, a Apple estaria negociando com a Qualcomm a utilização de novos modems LTE da fabricante de chips capazes de entregar velocidades de até 1 Gbps.

A nova oferta da fornecedora, se utilizada em sua plenitude, permite que um filme em alta definição, por exemplo, seja baixado em poucos segundos. O Snapdragon X16 LTE, como foi batizado, também entrega essa alta velocidade sem que adaptações à infraestrutura de telecom sejam necessárias. Ou seja, se esse tipo de alta disponibilidade estiver disponível para o celular do usuário, a máquina trabalha para que ela seja entregue em forma de dados e utilização.

É claro, esse tipo de banda ultrarrápida não está disponível em muitos lugares, mas já existe, sim, nos Estados Unidos, Coreia do Sul, Índia e no Reino Unido. Alguns testes da tecnologia, inclusive, já estariam sendo feitos pela Apple em Londres, de forma fechada e extremamente restrita, e a aposta tanto da Maçã quanto da Qualcomm é que esse tipo de conexão será rapidamente adotada em outros locais do mundo, expandindo ainda mais o potencial do componente.

Além dos downloads em si, diversas outras utilizações são imaginadas. De acordo com a fabricante, a ideia do Snapdragon X16 LTE é permitir o acesso instantâneo à nuvem, com informações sendo trocadas entre o aparelho e os servidores de forma transparente, o carregamento imediato dos pesados vídeos em 360 graus, chamadas de vídeo sem problemas de conexão e utilização de serviços de streaming de conteúdo sem problemas de buffer, mesmo no 4G.

A primeira demonstração pública do chip deve acontecer ainda neste mês, no Mobile World Congress, em Barcelona, na Espanha. A expectativa da Qualcomm é que os primeiros aparelhos com o componente cheguem ao mercado no segundo semestre de 2016, enquanto as redes que ele suporta se tornarão mainstream até o final de 2017, dando uma amostra do que será o futuro quando as redes 5G estiverem implementadas.

É um calendário que se encaixa muito bem com o cronograma de lançamentos da Apple. A empresa é tradicionalista quanto à disponibilização de seus produtos, o que significa que o final deste ano verá, sim, a introdução de uma nova geração de smartphones que todos já chamam de iPhone 7. Adequar-se a tecnologias vindouras é uma característica básica para qualquer fabricante mobile, então é fácil pensar que a parceria entre a marca e a Qualcoom gerará frutos. Por enquanto, porém, nada de confirmação oficial, já que nenhuma das duas falou sobre isso.

Fonte: Pocket Lint