iPhone pode ter salvado vida de soldado americano

Por Redação | 13 de Março de 2014 às 10h15

Segundo um relato do site MacGasm, um iPhone pode ter salvado a vida de Shaun Frank, um sargento do exército norte-americano. Ele estava em uma missão de patrulha no Afeganistão, quando sua unidade foi atacada por um homem-bomba, que detonou sua carga. Como consequência da explosão, vários estilhaços voaram em todas as direções e atingiram o militar em diversos lugares: mãos, braços, pernas.

Porém, Frank estava com seu iPhone no bolso da calça e o aparelho impediu que esses estilhaços acertassem alguma artéria vital, potencialmente salvando sua vida. Por aparar e impedir que os fragmentos atingissem Frank, o aparelho ficou com buracos na carcaça e foi completamente destruído.

iPhone perfurado por estilhaços

O sargento entrou em contato com a Apple e tentou trocar o aparelho. A companhia concordou em trocar o aparelho, contanto que o exemplar danificado fosse devolvido. Frank, por sua vez, acabou preferindo ficar com a lembrança e comprar um aparelho novo.

Assista Agora: Saiba quais são os 5 maiores problemas das empresas brasileiras e comece 2019 em uma realidade completamente diferente.

O iPhone e outros aparelhos da Apple já salvaram vidas em outros casos curiosos. Em 2012, por exemplo, um holandês foi baleado e o projétil atingiu seu aparelho, que estava no bolso do peito. Outro soldado também já foi salvo por um dispositivo da Maçã em 2007, no Iraque. Ao cumprir sua ronda, o militar tomou um tiro de fuzil que acabou ficando alojado em seu iPod.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.