iPhone 6 poderá oferecer suporte a tecnologia NFC para realização de pagamentos

Por Redação | 12 de Maio de 2014 às 09h21

Um acordo firmado entre a Apple e a empresa chinesa UnionPay pode significar a chegada da tecnologia NFC ao iPhone 6. A ideia seria a criação de um sistema proprietário de meios de pagamento que, integrado ao leitor biométrico TouchID, permitiria a validação e cobrança apenas pela aproximação do celular a terminais habilitados com a inovação.

A ideia é que a novidade seja integrada ao Passbook, tornando-o uma solução padrão não apenas para a união de tíquetes e ingressos, mas também para a realização de pagamentos. A expectativa da Apple é que a nova tecnologia baseada em NFC acabe se tornando amplamente utilizada, assim como aconteceu com seu aplicativo proprietário, e acabe dando a tônica de todo esse mercado.

Além disso, o objetivo seria fomentar cada vez mais o uso do iPhone para ações do dia a dia. Não que tirar o cartão de crédito da carteira ou pagar com dinheiro de verdade seja uma complicação, mas como passamos cada vez mais tempo com os celulares nas mãos, a ideia de utilizá-los também para realizar transações financeiras é mais do que válida, além de adicionar uma camada extra de segurança contra assaltos ou golpes.

Os rumores foram publicados pelo site BrightWire, mas possuem um forte aspecto que os contrariam. A Apple, notoriamente, não vê o NFC com bons olhos, com engenheiros e executivos comentando na imprensa que não estão necessariamente encantados com a tecnologia. Ela teria, até mesmo, entrado em pauta nos estágios finais do desenvolvimento do iPhone 6, mostrando que a Maçã bota pouca fé na novidade.

Isso, inclusive, pode significar que a ideia acabe ficando para depois. Como o iPhone 6 trará a segunda iteração do TouchID, é possível que a empresa aproveite a oportunidade para maturar a tecnologia e adicionar novas funcionalidades a ela antes de promove-la como parte integrante de seu sistema proprietário de pagamentos.

Por outro lado, a Samsung já possui uma parceria com o PayPal e, apesar das preocupações de segurança oriundas da transmissão de impressões digitais pela internet, essa pode acabar sendo a nova direção do mercado. E, para a Apple, deixar a entrada nesse nicho apenas para 2016 pode acabar representando problemas mercadológicos.

Por enquanto, nada foi confirmado oficialmente. Os rumores sobre o iPhone 6 são diversos e se relacionam até mesmo ao tamanho da tela do novo aparelho. A Apple ainda não falou oficialmente sobre a nova geração de seus telefones celulares.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.