iPhone 6 dominou vendas de smartphones no Natal

Por Redação | 30 de Dezembro de 2014 às 16h39
Divulgação

Os eletrônicos são um dos presentes mais pedidos no Natal, e esse ano não foi diferente. Passada a festa, a consultoria Flurry fez uma pesquisa para saber quais foram os aparelhos mais vendidos, e o resultado é que a Apple continua sendo a marca preferida da maioria dos consumidores, ficando à frente de concorrentes como Samsung e Microsoft com uma larga margem.

A empresa da Maçã foi responsável por 51,3% das ativações no mundo inteiro, quase o triplo da principal rival, a coreana Samsung, que ficou com 17,7%. Apesar de não terem sido divulgados os números de cada dispositivo, é seguro afirmar que o grande campeão foi o iPhone 6, apresentado em setembro, e que novamente tornou-se objeto de desejo.

Vendas Smartphones

Uma surpresa é a Microsoft, que ocupou o terceiro lugar, depois de anos com participação ínfima no mercado, e seus aparelhos Lumia corresponderam a 5,8% das vendas mundiais. Sony e LG vêm e quarto e quinto lugares, respectivamente. Um dado até curioso é que fabricantes como HTC, Xiaomi e outras empresas asiáticas tiveram participação ínfima, principalmente por conta dos seus principais mercados serem naquela região, onde o Natal tem pouca ou nenhuma importância.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Sobre os tamanhos dos dispositivos, os phablets estão se tornando cada vez mais populares. Smartphones com telas grandes, entre 5 e 7 polegadas, cresceram 9 pontos percentuais, enquanto as demais categorias tiveram leve queda. Já os tablets caíram de 17% para 11%, o que representa um esfriamento nas vendas destes dispositivos, consequência do aumento dos números de phablets.

Tamanho de aparelhos Natal

Os desenvolvedores de aplicativos também tiveram bastante o que comemorar, porque como consequência do Natal, a instalação de apps aumentou 150% nos EUA. Com a enxurrada de novos dispositivos, os usuários tendem a instalar muitos aplicativos na euforia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.