iPhone 5 e 4S são considerados os aparelhos mais 'verdes' da Apple

Por Redação | 04 de Outubro de 2012 às 17h01

Um análise feita pelo site iFixit, em parceria com a HealthyStuff.org, concluiu que o iPhone 5 e o iPhone 4S são os aparelhos da Apple mais ecologicamente corretos, equipados com menos componentes considerados 'tóxicos' para o meio ambiente.

De acordo com o ArsTechnica, o estudo ainda afirmou que a empresa de Cupertino tem realizado alguns progressos significativos na redução de materiais perigosos a cada atualização do iPhone. Esse progresso faz parte da política da Apple de tornar os seus produtos "mais ambientalmente responsáveis".

A HealthyStuff.org desmontou e analisou os componentes de 36 smartphones usando raio X de espectometria de fluorescência. Cada componente recebeu a medição dos produtos tóxicos empregados em sua composição tais como cloro, bromo, mercúrio e chumbo e, logo em seguida, a organização aplicou a presença desses elementos químicos em uma escala de 0 a 5.

Análise química iPhone

Reprodução:ArsTechnica

Nessa escala, o iPhone original foi avaliado em "grande preocupação", obtendo 5 pontos na avaliação da organização. No entanto, as versões seguintes do aparelho foram caindo no ranking químico, fazendo com que o iPhone 4S (líder absoluto do ranking ecológico da Apple) fosse avaliado em "baixa preocupação" com pontuação de 2,69. O iPhone 5 obteve a mesma avaliação, porém, conseguiu uma pontuação levemente superior ao seu antecessor, fechando em 2,75.

"Quase todos os smartphones classificados como 'baixa preocupação' são vendidos especificamente como telefones verdes", relatou o iFixit. "Dos aparelhos avaliados, o iPhone 4 e 5 foram muito melhores no teste, tanto no quesito de menos produtos químicos como no componente elemento químico".

Análise química iPhone

Reprodução:ArsTechnica

A análise ainda concluiu que os modelos atuais de smartphones têm tendência a ter menos componentes tóxicos em sua composição, mas a maioria dos fabricantes mostrou que não tinha consciência sobre a presença de elementos químicos na composição dos aparelhos que estão disponíveis no mercado.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.