Huawei não vai mais permitir o desbloqueio do bootloader de seus gadgets

Por Ramon de Souza | 28 de Maio de 2018 às 18h35
Raymond Wong/Mashable
Tudo sobre

Huawei

Temos uma péssima notícia para quem gosta de utilizar ROMs customizadas do sistema operacional Android e é usuário de algum aparelho da Huawei. A empresa, que tem um longo histórico de auxiliar a comunidade de desenvolvedores independentes, resolveu do nada que não irá mais permitir o desbloqueio do bootloader de seus smartphones. Com isso, a fabricante vai dificultar ou até mesmo impedir a instalação de softwares customizados nos modelos disponíveis no mercado.

O bootloader é um pedaço de software que é carregado assim que você liga seu celular, sendo o responsável por efetivamente iniciar o sistema operacional Android. Desbloqueando-o, é possível instalar edições modificadas do SO, prática que sempre foi apoiada pela Huawei — a marca até mesmo tinha uma página específica para prover os códigos necessários para tal procedimento. Há alguns dias, tal página saiu do ar, e, agora, a companhia resolveu anunciar de vez o fim do suporte para desbloqueio de bootloaders.

“No intuito de entregar a melhor experiência e prevenir que os usuários experimentem possíveis problemas que podem surgir de ROMs customizadas, incluindo falhas no sistema, engasgos, diminuição no desempenho da bateria, e risco de dados sendo comprometidos, a Huawei vai parar de prover códigos de desbloqueio de bootloaders para dispositivos lançados após 25 de maio de 2018”, explicou a asiática, em um comunicado enviado ao site Android Authority.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda de acordo com a Huawei, aparelhos lançados antes dessa data continuarão com os bootloaders passíveis de desbloqueio pelos próximos 60 dias, e, depois disso, serão sumariamente impedidos de qualquer modificação. Obviamente, muitos fãs da marca estão chateados com a decisão — os mais radicais estão até mesmo ameaçando fazer a devolução de aparelhos recém-lançados, como o Huawei P20 Pro.

E você, o que acha de toda essa confusão?

Fonte: Android Authority

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.