Smartphone 5G da Huawei tem velocidade 6x maior do que o 4G

Por Felipe Ribeiro | 06 de Agosto de 2019 às 16h35
ifanr
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Mate 20 X (5G)

Ficha técnica

A Huawei deu o 'start' em suas operações com o 5G. Enquanto países mundo afora ainda se preparam para iniciar a conexão de próxima geração, temos regiões onde esse processo já está um pouco mais avançado, como é o caso de algumas cidades na China.

O pessoal do site chinês iFanr já teve a oportunidade de testar o Mate 20 X 5G, primeiro smartphone da Huawei compatível com a rede 5G. Ele terá suporte à banda de base Barron 5000, ao contrário do Mate 20 X tradicional. Para quem não sabe, a banda de base Barron 5000 é compatível com o 5G da rede NSA e SA. Isso geralmente é chamado de “5G de modo duplo”.

Confira abaixo um apanhado geral do aparelho.

Primeiras impressões

Tamanho e design

Muitos questionamentos aparecem quanto ao 5G e os aparelhos que serão compatíveis, como a bateria, poderio de processamento e, claro, a velocidade em si. No entanto, logo de cara, o que assusta mais no Huawei Mate 20 X 5G é seu tamanho: ele possui uma tela de 7,2 polegadas com resolução de 2244 x 1080 pixels.

Imagem: ifanr

A inclusão do modem 5G não aumentou drasticamente o peso do telefone. Segundo a reportagem, a nova máquina pesa 233 gramas, o que não é uma grande diferença com relação ao Mate 20 X.

Processamento e armazenamento

Quando vamos para dentro do chassi, o Huawei Mate 20 X (5G) mostra que teve mudanças ainda mais radicais - e não apenas na velocidade da internet. O telefone não apenas suporta a banda de base Baron 5000, mas usa o chipset Kirin 980 combinado com 8 GB de RAM, além de oferecer uma capacidade de armazenamento interno de 256 GB, expansível apenas por meio do cartão NM.

O sistema executa o EMUI 9.1 OS e suporta o Turbo 3.0.

Bateria

O telefone suporta a carga SuperCharge 40W super-rápida da Huawei. A adição de um módulo 5G maior pode ter forçado a empresa a redesenhar a área do novo módulo reduzindo o espaço do compartimento da bateria.

Enquanto a versão 4G é alimentada por uma bateria de 5000mAh, o Mate 20 X 5G abriga uma ligeiramente menor: 4200mAh.

Câmera

Quase não existem mudanças nas câmeras entre os modelos 4G e 5G. Eles abrigam três lentes: uma de 40MP, outra de 20MP e, por fim, uma de 8MP. A câmera frontal é de 24MP.

Imagem: ifanr

Finalmente, o 5G

De acordo com o plano da China Unicom revelado em abril deste ano, as telecomunicações continuarão a cobrir as redes 5G e 33 hotspots em 7 cidades da China em 2019: Pequim, Xangai, Guangzhou, Shenzhen, Nanjing, Hangzhou e Xiong'an. A China Unicom está se preparando para abrir o comercial 5G até o próximo ano.

De acordo com o teste do site, que foi feito em Guangzhou, a velocidade máxima ficou seis vezes maior do que o pico do 4G na mesma cidade. No entanto, o download médio foi de 666 Mbps e o upload ficou em 71,7 Mbps, testados sob a Guangzhou Tower.

Imagem: ifanr

No entanto, informações obtidas com a Huawei sugerem que a velocidade de download máxima no 5G deve ser de 1GBPS. Além disso, a mídia local alcançou uma incrível velocidade de 1110 Mbps em seus testes de estrada.Traduzindo: os 666 Mbps são apenas 70% do pico de 5G, e a velocidade é provável que suba.

Como isso afeta o aparelho?

De acordo com os testes, depois de baixar o pacote de atualização 900MB com o Huawei Mate 20 X (5G), a temperatura do corpo do telefone aumentou de 27°C para 35,5°C.

Imagem: ifanr

Quanto ao consumo de energia, em nove horas de uso, que foi mesclado entre vídeos e testes de velocidade, jogos e cotidiano, o celular foi de 100% de bateria para 20%, ficando semelhante ao desempenho do modelo 4G. Ou seja, apesar da capacidade da bateria reduzir de 5000 mAh para 4200 mAh, ela se comporta muito bem.

Embora existam alguns telefones celulares habilitados para 5G prestes a chegar às lojas em breve, o Huawei Mate 20 X 5G é o primeiro aparelho a receber a licença de acesso à rede para equipamentos de telecomunicações de terminal 5G na China. Além disso, é o único 5G dual que suporta simultaneamente SA/NSA.

Um porta-voz do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China indicou que, a partir do próximo ano, será necessário que os terminais 5G tenham o modo SA para entrar na rede. Em outras palavras, os terminais que suportam apenas redes NSA serão banidos da rede no próximo ano. Haverá uma transição completa para a rede SA 5G em breve.

Portanto, na opinião de algumas pessoas, o Mate 20 X 5G é um telefone celular verdadeiramente 5G.

Nós, aqui no Brasil, estamos um pouco longe dessa realidade, mas, é bem interessante ver como será ter uma conexão com essa velocidade em mãos. Nos resta esperar.

Fonte: iFanr , Gizmochina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.