HTC e Motorola também se pronunciam e negam reduzir desempenho de seus celulares

Por Redação | 03 de Janeiro de 2018 às 17h06

As últimas semanas têm sido um tanto quanto conturbadas para usuários de iOS e smartphones. Com a Apple afirmando que reduz o desempenho da CPU dos modelos antigos de seus iPhones (6, 6s e SE) à medida que as baterias envelhecem e recebendo uma enxurrada de críticas e alguns processos no caminho, a Samsung e a LG também tiveram seu momento.

As fabricantes de smartphones vieram a público e anunciaram que nunca o fizeram e nem jamais tomarão uma atitude assim sem consentimento de seus usuários Android.

A controversa medida requer que a Apple limite a velocidade do processador e, assim, evite superaquecimentos e desligamentos inesperados. Todavia, enquanto a CPU exige cada vez mais potência, por sua vez a bateria dura cada vez menos, entrando em uma espécie de ciclo vicioso.

Em nota ao The Verge, chegou a vez da HTC e da Motorola afirmarem que não alteram o desempenho das CPUs em seus dispositivos mobile conforme as baterias se desgastam. Porta-vozes das duas empresas relataram que este tipo de ação não é algo que eles fariam.

Contudo, em resposta a todos estes pronunciamentos de suas concorrentes, a Apple já tomou uma posição: as baterias de iPhones 6, 6 Plus 6s e 6s Plus do mundo todo poderão ser trocadas pelo valor de U$S 29 e sem testes. No Brasil, o serviço sairá por R$ 149.

Fonte: 9To5Google, The Verge

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.