Google e GSMA recriam o antigo SMS para bater de frente com o WhatsApp

Por Redação | 04.11.2016 às 20:50

O Google anunciou, no início de 2016, uma iniciativa em parceria com diversas operadoras ao redor do globo para implementar a plataforma RCS (Rich Communication Service) nas mensagens de celular, a fim de modernizar o velho serviço de mensagens de texto, conhecido também como SMS.

E nesta sexta-feira (4), o gigante anuncia que o aplicativo de mensagens padrão do Android vai ser agraciado com a novidade, ganhando suporte ao RCS. Por enquanto, apenas usuários de smartphones Nexus e que sejam clientes da operadora Sprint, nos Estados Unidos, vão contar com a novidade. Mas, se der certo, a ideia pode chegar também a outros países.

rcs

O que o RCS faz é basicamente repaginar o modelo de mensagens de texto das operadoras, tornando a conversa bem próxima do que conhecemos hoje nos aplicativos de mensagens instantâneas, como WhatsApp e Facebook Messenger. Aliás, além de se aproximar das plataformas gratuitas, o RCS também quer bater de frente com elas, desafiando os serviços como uma resposta das operadoras.

E demorou para que o novo padrão tomasse forma e começasse a ser amplamente divulgado: em desenvolvimento e em fase de implementação há quase uma década pelo consórcio GSMA, o RCS acabou perdendo espaço para a avalanche dos mensageiros instantâneos e sua demanda desenfreada nas lojas de aplicativos. Mas, agora, com o apoio do Google, essa retomada parece ter finalmente surtido efeito.

Fonte: Google (Blog)