Foxconn vai começar a vender seus próprios smartphones

Por Redação | 06 de Outubro de 2016 às 10h50

Depois de fazer seu nome e ficar famosa por manufaturar os aparelhos da Apple, a Foxconn agora vai começar a vender seus próprios smartphones. A informação foi confirmada extraoficialmente pelo portal Digitimes nesta quinta-feira (06).

De acordo com o referido portal, a fabricante chinesa colocará não um, mas dois smartphones (um de entrada e outro intermediário) a venda já no início de 2017. O primeiro mercado-alvo será o Japão, onde a Foxconn atuará em parceria com sua subsidiária Sharp.

Não há informações sobre qual marca será utilizada nos dispositivos, mas são grandes as chances de eles virem com o nome da Sharp impressos na carcaça. Vale lembrar que a empresa japonesa agora pertence à Foxconn, depois de ela acertar um acordo de aquisição no valor de US$ 3,5 bilhões no começo deste ano.

Concorrência com a Apple

Embora essa não seja a primeira vez que a Foxconn investe em smartphones próprios, são notórios os esforços que ela vem promovendo para expandir sua atuação no mercado consumidor. Além da aquisição da Sharp, a chinesa também comprou o negócio de telefones da Microsoft através de sua subsidiária FIH Mobile por US$ 350 milhões e fortaleceu os rumores de que a norte-americana estaria prestes a abandonar o segmento.

Também chama atenção a ousadia da escolha do Japão. O país é reconhecidamente um dos maiores mercados do iPhone, cuja montagem é feita nas fábricas da Foxconn na China e seus displays são fornecidos pela Sharp. Sendo assim, será interessante ver como a fabricante se sairá competindo, mesmo que indiretamente, com a Apple, sua maior cliente.

Via Digitimes, Cult of Mac

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.