Executivo da Malásia morre após explosão de celular no quarto onde dormia

Por Ares Saturno | 21 de Junho de 2018 às 09h05
VideoBlock

Nazrin Hassan, CEO da Cradle Fund Sdn Bhd, uma startup de investimentos da Malásia, encontrou um final trágico na última quinta-feira (14), quando faleceu durante um incêndio em seu quarto, talvez provocado pela explosão de um dos seus dois smartphones (um Huawei e um BlackBerry).

Segundo a polícia de Mutiara Damansara, província onde o acidente ocorreu, houve dificuldade de adentrar nos aposentos devido à fumaça do incêndio causado, e concluiu-se que Hassan poderia ter morrido sufocado.

Nenhum relatório oficial por parte das instituições da Malásia confirmam, até o momento, que o acidente se iniciou devido ao mau funcionamento de algum dos aparelhos, que estavam carregando no mesmo cômodo onde Hassan veio a óbito. Entretanto, um relatório post-mortem foi citado pela empresa na qual Hassan trabalhava, defendendo o ponto de vista que o CEO teria falecido em razão dos ferimentos causados pelos estilhaços durante a explosão de algum dos aparelhos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Especulações sobre a causa da morte de Hassan são completamente desnecessárias e inaceitáveis a esse ponto", disse um comunicado da Cradle Fund, que segue pedindo para que o luto da família do CEO seja respeitado.

Razif Aziz, chefe de operações da Cradle Fund, descreveu Nazrin Hassan como um gênio criativo e visionário. Ele deixa três filhos e um alerta para quem fica: não carreguem seus dispositivos móveis enquanto dorme.

Fonte: The Independent, Malay Mail

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.