Ex-executivo da Apple diz que morte de Steve Jobs está prejudicando a empresa

Por Redação | 18.07.2017 às 11:07

Com a chegada do iPhone 8, a guerra entre a Apple e a Samsung deve estar prestes a ganhar novos capítulos. De acordo com Hugh Dubberly, ex-diretor criativo da Apple e ex-membro do conselho de design global da Samsung, a gigante sul-coreana não está à frente da Maçã porque melhorou sua concepção de smartphones, mas sim porque a Apple diminuiu seu ritmo de inovação substancialmente depois da morte de seu ex-CEO, Steve Jobs.

Alguns especialistas em design têm questionado se o update do Galaxy S8 tem a ver com as características do atual presidente da Apple, Tim Cook. Para eles, o executivo possui habilidades operacionais, o que contrasta com os talentos visionários de seu antecessor, Steve Jobs. Dessa forma, é possível que a gigante de Cupertino acabe ficando para trás no quesito inovação.

Um dos pontos importantes sobre o assunto é que os analistas afirmam que o comportamento dos consumidores tem mudado. Segundo suas pesquisas, os usuários de smartphones estão se concentrando no design do aparelho para determinar se vão ou não comprar determinado dispositivo. Uma pesquisa realizada pela Consumer Reports concluiu que o Galaxy S8 superou o iPhone 7 quando se fala em estética. E então, como será que a Apple vai driblar essa situação?

Segundo os especialistas, o iPhone 8 precisa de um novo recurso que o diferencie dos demais. Para eles, o grande diferencial deve ser o sensor de impressões digitais integrado à tela do aparelho. Apesar disso, vale lembrar que rumores recentes afirmam que a Apple não está conseguindo empregar a tecnologia, o que significa que o novo iPhone pode simplesmente não contar com o Touch ID.

Seja como for, teremos de esperar até setembro, quando o novo flagship deverá ser anunciado, para sabermos se a Apple conseguiu, finalmente, voltar a inovar em seus produtos.

Via MacRumors