Dois novos smartphones da Xiaomi foram homologados pela "Anatel da China"

Por Redação | 27 de Outubro de 2016 às 11h10

A Xiaomi é uma verdadeira máquina de inventar novos smartphones. Tanto é que mal anunciou o Mi Note 2 e o Mi Mix e a empresa já está trabalhando em dois novos aparelhos. Pelo menos é isso o que revela o site da TENAA, a correspondente à Anatel na China.

De acordo com os registros online do órgão regulador, a Xiaomi tem na manga dois aparelhos, cujos números de modelo são 2016111 e 2016112 - ambos já liberados para chegar ao mercado.

Ainda segundo o site da entidade, os números praticamente idênticos podem indicar que, na verdade, tratam-se de duas variantes de um mesmo modelo. E, a julgar pelas especificações listadas pela TENAA, são aparelhos de entrada. Ambos virão com tela TFT de 5 polegadas e 1.280 x 720 pixels de resolução, um processador não revelado capaz de rodar a até 1,4 GHz, 2 GB de RAM e apenas 16 GB de armazenamento interno - problema que pode ser resolvido no modelo 2016111, que conta com suporte a cartões microSD de até 128 GB.

Além disso, ambos os smartphones contam com câmera traseira de 13 megapixels e uma frontal com sensor de 5 megapixels. A bateria, por sua vez, tem capacidade de 3.030 mAh em ambos os modelos. Bluetoth, 4G LTE e leitor de impressões digitais também estão inclusos no pacote. O sistema operacional, ao que tudo indica, será o Android Marshmallow.

Não há qualquer informação sobre data de lançamento ou preço. Porém, levando em consideração as especificações modestas, dá para arriscar que os smartphones custarão bem menos que os flagships anunciados nesta semana.

Via Android Authority

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.