De acordo com analistas, cada iPhone 6s de 64 GB custa US$ 234 para a Apple

Por Redação | 17 de Setembro de 2015 às 10h09

Estimativas realizadas por especialistas do banco Merri Lynch apontam que a Apple vai desembolsar US$ 234 (cerca de R$ 900 de acordo com a cotação atual da moeda estrangeira) para fabricar cada iPhone 6s. De todo esse valor, 54% é composto pelos semicondutores, que consomem US$ 127,20 do bolo.

Neste pacote estão incluídos itens como dispositivos de transmissão (US$ 36), o novo processador A9 de 64-bits (US$ 25), os 64 GB de armazenamento em flash (US$ 20) e ainda todos os vários sensores que compõem o gadget (US$ 22). De acordo com a análise, as câmeras (frontal e traseira) somadas à tela e à bateria custam US$ 73,80 (31,5%) à produção. Por fim, as outras partes que complementam o aparelho, como case e botões, representam US$ 33 do custo total (14,5%).

Comparação

O comparativo divulgado pelo Business Insider com base nas informações dos especialistas mostra como o custo de fabricação do iPhone aumentou a cada novo modelo lançado. O iPhone 6s deve custar 5% a mais para ser fabricado se comparado com o iPhone 6 Plus e 13,7% a mais quando comparado com o iPhone 6.

Custo de produção iPhone 6s

Nos Estados Unidos, o iPhone 6s de 64 GB será vendido desbloqueado (ou seja, sem contrato com operadora de telefonia) por US$ 749. Fazendo a conta, cada unidade do novo smartphone gera um lucro de US$ 515, valor que é repartido entre a Apple e as demais partes envolvidas no processo de distribuição e venda do gadget.

Fonte: Business Insider