Confira nosso hands-on do Moto X Style

Por Pedro Cipoli
photo_camera Pedro Cipoli/Canaltech

Já oficialmente anunciado, mas ainda não disponível para o consumidor, o Moto X Style promete ser um dos aparelhos mais interessantes do ano. Nesta sexta-feira (4) a Motorola nos forneceu uma unidade de testes do smartphone para analisarmos em detalhes, mas já brincamos um pouco com ele a ponto de tirar algumas conclusões preliminares sobre a experiência que tivemos até então.

Não é um aparelho pequeno, já que estamos falando de uma tela de 5,7 polegadas. Apesar disso, por contar com um bom aproveitamento de tela, o Moto X Style tem quase as mesmas dimensões do Zenfone 2 da ASUS, que tem 5,5 polegadas. Ao tirá-lo da caixa, mesmo desligado, ele dá a certeza de ser um aparelho “Premium”, com bordas de metal, traseira de silicone, sendo um Moto X Play mais “sexy”, já que tem um design semelhante, porém mais aprimorado.

Por algum motivo, a Motorola abandonou as telas AMOLED, não estando presentes em nenhum modelo da empresa anunciado este ano (embora existam rumores de que o Moto Maxx 2 venha com uma). O que temos aqui é o tradicional LCD IPS, o que a primeira vista pode parecer um downgrade, mas nos pareceu uma das melhores telas de smartphones que vimos até o momento, algo que a resolução Quad-HD ajuda.

Moto X Style

Um ponto que nos deixou curiosos e nos fez conferir logo de cara foi a qualidade de som. Por ser o único aparelho da Motorola em 2015 que traz caixas de som estéreo, as exigências são altas, e até agora, pelo menos, ele se mostrou ter uma excelente qualidade, comparável com a do Idol 3 da Alcatel, que é um dos melhores nesse quesito. Os graves são bons e o volume é bastante alto, tirando vantagem das dimensões avantajadas do Moto X Style.

O Android, completamente puro com alguns apps da empresa, já chega de fábrica na última versão disponível até o terceiro dígito (5.1.1 Lollipop), sendo um quesito interessante para quem não quer esperar a boa vontade das empresas de fornecer atualizações. As transições são fluidas, assim como o multitarefa, trazendo a mesma configuração presente no LG G4 (Snapdragon 808 com 3 GB de memória RAM), que é perfeitamente capaz de agradar aos heavy-users.

Moto X Style

Durante o café da manhã no escritório da Motorola, vimos a bateria do Moto X Style carregar completamente em pouco mais de uma hora, uma combinação de uma bateria mediana de 3000 mAh, considerando o tamanho, e o TurboCharger 25. São 25 watts de potência, o que sugere que ele seja o aparelho que carrega mais rapidamente no mercado. O próprio carregador tem um cabo preso, não dando a chance de fritar cabos micro USB convencionais, o nos parece bem provável.

Como parte da experiência Premium, a Motorola inclui um bumper de proteção na própria embalagem, de um lado protegendo o aparelho, de outro não escondendo a personalidade do Moto X Style. Ele poderá ser adquirido através do Moto Maker quando ficar disponível para compra, o que permite que o usuário crie um aparelho o mais pessoal quanto possível.

Moto X Style

E por último temos a câmera, que usa o mesmo sensor do Moto X Play, que, por sua vez, é o mesmo do Moto Maxx, mas ainda é cedo para tirar qualquer conclusão. A novidade é que a câmera frontal, para selfies, tem 5 megapixels assim como a do Moto X Play, mas tem o diferencial de trazer flash embutido, assim como a Samsung faz com o Galaxy J5 e o Galaxy J7.

Agora vamos ao ponto que todos querem saber: o preço. Durante o evento, a Motorola aproveitou para informar... que o preço ainda não está definido. Obviamente, ele custa mais do que o Moto X Play, e especulações na internet chegaram ao valor de R$ 1.799, o que parece razoável.

Conte para nós: quanto você acha que ele irá custar? Está ansioso para a chegada dele no mercado brasileiro? Deixe sua opinião nos comentários!

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.