Commodore volta em forma de smartphone emulador de games

Por Redação | 20 de Julho de 2015 às 10h25
photo_camera Foto: Reprodução

Em meados da década de 1980, uma empresa lançou o Commodore 64, o computador mais vendido da história - ao todo, foram entregues cerca de 17 milhões de unidades por valores aproximados de US$ 600. Apesar de todo o sucesso, ele durou pouco e a companhia declarou falência na década de 1990. Porém, quem se lembra desses computadores está prestes a se sentir nostálgico.

Dois empreendedores italianos decidiram trazer o conceito do Commodore para a atualidade, mas dessa vez em um smartphone batizado de Commodore PET. O aparelho ganhou este nome pois faz referência ao primeiro computador da fabricante, que foi lançado em 1977, e rodava o sistema operacional Commodore Basic 1.0. A linha de computadores contava com modelos de 4 a 96 Kb de memória RAM e processador de 1 MHz.

Commodore PET

O smartphone vai acompanhar uma versão personalizada do Android 5.0 com 2 ou 3 GB de memória RAM, entrada para dois cartões SIMs 4G e cartão microSD, além de um chip Mediatek com oito núcleos rodando a 1,7 GHz, tela de 5,5 polegadas, resolução de 1080p e câmeras traseira e frontal de 13 e 8 megapixels, respectivamente.

O software ainda contará com um emulador para rodar jogos do Commodore 64 e do computador Amiga, que foi lançado pela Commodore em 1985. Os programas se tratam de versões adaptadas do VICE C64 e Uae4All2-SDL. Segundo os fabricantes, ainda há chances de incluir games dos computadores na memória do smartphone.

O PET chegará às prateleiras europeias em duas versões diferentes e nas cores branca e bege, assim como os antigos computadores. O modelo mais barato deve custar aproximadamente R$ 945 e o mais caro R$ 1.150. Ainda não se sabe se ou quando o Commodore PET vai chegar ao Brasil.

Fonte: Endgaget, Daily Mail

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.