Com produção difícil, iPhone 8 deverá ser caro, diz executivo da Foxconn

Por Redação | 08 de Agosto de 2017 às 10h30

Muitos rumores indicam que o iPhone 8 terá mudanças bastante radicais em relação aos modelos anteriores, como uma tela OLED ocupando praticamente toda a parte frontal do aparelho, carregamento sem fio e um preço bem salgado. Algumas dessas informações ganharam força nos últimos dias depois de um executivo da Foxconn afirmar que o smartphone “não será barato” por causa das dificuldades na produção.

Luo Zhongsheng, vice-presidente da companhia taiwanesa responsável pela produção dos smartphones da Apple, postou em sua página pessoal na rede social Weibo mais detalhes sobre a produção do iPhone 8. Ele disse que o aproveitamento dos painéis de OLED é de apenas 60%, por causa do corte especial para o modelo, o que faz com que os custos sejam bastante altos. A publicação foi apagada horas depois da repercussão.

Vice-presidente da Foxconn diz que iPhone 8 tem produção difícil e altos custos
Em tradução livre: “O aproveitamento do OLED é de apenas 60%! Esse corte é realmente difícil e não vai sair barato. Acho que o iPhone 8 não vai ser barato.” (Reprodução: 9to5Mac)

O tal corte especial de que Zhongsheng fala reforça as informações que circularam nos últimos meses: um iPhone 8 sem bordas nas laterais e na parte inferior, que perderia seu botão Home. No topo, uma pequena borda irregular “invadiria” a tela, onde deverão ser alojados sensores e câmeras frontais responsáveis pelo novo sistema de detecção facial. Esse sistema, aliás, vem sendo chamado de Face ID e deverá substituir a identificação por impressões digitais.

As perdas e altos custos na produção também dão força às especulações de que o novo smartphone da Maçã será bastante caro: fala-se em algo em torno de US$ 1.200, com versões de hardware mais potente chegando até mesmo a US$ 1.500. Se levarmos em conta que um iPhone 7 lá fora sai por US$ 649, é um aumento e tanto.

A confirmação sobre todas essas informações deve vir no mês que vem, quando os iPhones tradicionalmente são apresentados ao público nos eventos de lançamento da Apple.

Fonte: Cult of Mac, 9to5Mac