Chineses relatam novas explosões de iPhones 6s

Por Redação | 06.12.2016 às 17:52

A pressão sobre a Apple se intensificou após um grupo de consumidores da China relatar novos problemas com as baterias do iPhone 6s. O Conselho de Consumidores de Xangai disse que recebeu oito relatos de usuários que alegam que seus dispositivos pegaram fogo espontaneamente.

Um dos relatos recebidos pelo órgão chinês fala sobre o caso de uma mulher que viu seu iPhone 6s explodir em agosto, quebrando o visor do smartphone e destruindo a parte traseiro do aparelho, incluindo a bateria.

De acordo com o Conselho, "a Apple deve ser responsável pelos consumidores", mas "um grande número de queixas não estão sendo resolvidas de forma eficaz". Os relatos na China surgem depois de a Apple tentar tranquilizar os consumidores.

Após alguns usuários divulgarem casos de desligamentos inesperados de seus smartphones da linha do iPhone 6, na última sexta-feira (02), a Apple finalmente resolveu se pronunciar e explicar o porquê de os dispositivos apresentar problemas recorrentes na bateria. Em uma de suas páginas de suporte, a empresa alegou que o problema ocorre devido a uma exposição anormal de um componente da bateria ao ar.

A empresa instituiu um programa de troca de baterias para donos de iPhones 6s com problemas de desligamento. A substituição é oferecida para modelos produzidos entre setembro e outubro de 2015 e andam apresentando falhas repentinas no componente.

Na próxima semana, a Apple planeja introduzir uma ferramenta de diagnóstico que permitirá reunir informações e gerir melhor os níveis de desempenho da bateria para evitar desligamentos. Com o iOS 10 .2 quase pronto para o lançamento oficial, é provável que a capacidade de diagnóstico seja incluída na atualização.

Via The Wall Street Journal