Câmera pop-up do Apex da Vivo havia sido patenteada pela Essential em 2016

Por Ares Saturno | 05 de Março de 2018 às 17h48

Durante o Mobile World Congress de 2018, que ocorreu em Barcelona na última semana, muitas novidades deixaram o público de queixo caído. Entre elas, a câmera pop-up do Apex da Vivo foi apontada como uma das soluções mais inovadoras do evento, permitindo que a parte da frente do smartphone seja completamente ocupada pela tela.

Entretanto, foi descoberto recentemente que a patente da câmera que fica escondida atrás da tela e é projetada para fora apenas durante o uso já havia sido registrada pela Essential Products em maio de 2016.

Um internauta chamado Rafael Villar tweetou em seu perfil um artigo do site Gizmodo sobre o Apex da Vivo perguntando se Andy Rubin havia visto a notícia. Rubin, por sua vez, respondeu que já tinha visto e colou um link do Google Patents. Você pode ver abaixo a troca de tweets:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A patente entitulada "Aparelho e método para maximizar a área de exibição de um dispositivo móvel" (em tradução livre) exibe exatamente a mesma ideia lançada pela Vivo em seu Apex. Apesar de ter sido registrada em maio de 2016, a concessão da patente só se deu em agosto de 2017.

Imagem que acompanha a patente da câmera pop-up. (Imagem: Google Patents)

É claro que uma patente ser registrada não significa, necessariamente, que um produto baseado nessa idéia será lançado. Entretanto, a iniciativa de Rubin em mostrar a patente no Twitter talvez seja um indício de que um novo produto contendo a câmera pop-up pode estar no forno da Essential Products em breve.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.