Bradesco e Banco do Brasil agora suportam o Apple Pay

Por Felipe Demartini | 14 de Agosto de 2018 às 09h44
iClub
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Cartões de crédito do Banco do Brasil e Bradesco começaram a ser aceitos pelo Apple Pay no Brasil. A confirmação oficial veio nesta terça-feira (14) após semanas de especulações, rumores e até confirmações antecipadas, e marca o fim da exclusividade do serviço no Brasil, que até hoje operava apenas com plásticos do Itaú.

Como no passado, apenas cartões de crédito com bandeira Visa funcionam com o recurso, que permite o pagamento digital em lojas físicas por meio do iPhone e do Apple Watch, e online também pelo Mac. Em testes realizados pelo site MacMagazine, entretanto, foi possível verificar que cartões de débito do Banco do Brasil também funcionam com o Apple Pay.

No restante, tudo acontece de maneira semelhante ao restante do mundo. Para utilizar o sistema, basta abrir o aplicativo Wallet, no iOS, e cadastrar o cartão de crédito a ser utilizado. Ele será escaneado pela câmera digital para obtenção dos números e, na sequência, o cadastro deverá ser autorizado pela instituição bancária, por meio do internet banking, aplicativo ou central de atendimento.

Com tudo pronto, basta começar a usar. Grandes varejistas se tornaram parceiras da Apple para utilização do Pay logo que o serviço chegou ao Brasil, mas, basicamente, todo e qualquer terminal de cartão de crédito que aceitar pagamentos por proximidade está apto a trabalhar com o Apple Pay. Isso porque o sistema funciona por meio do NFC, um sistema de comunicação e transferência de dados sem a necessidade de conexão direta entre dispositivos. Além disso, pela internet, serviços de delivery, lojas virtuais e até operadoras também fazem parte dos serviços compatíveis com o recurso.

Inicialmente, a exclusividade do Itaú sobre o Apple Pay deveria durar 90 dias a partir de seu lançamento, em abril. Entretanto, o prazo passou e nenhuma outra instituição havia sido adicionada até agora. Demorou, mas o Bradesco e o Banco do Brasil finalmente aderiram à prática, depois de terem sido citados até no site oficial da Maçã como instituições parceiras, mas sem que o suporte efetivamente chegasse às mãos dos clientes.

Praticamente recém-chegado ao Brasil, o Apple Pay foi lançado originalmente nos Estados Unidos em outubro de 2014 e funciona a partir do iPhone 6 e da primeira geração do Apple Watch, estando disponível também no iPad e Mac para pagamentos online. A empresa de Cupertino não divulga dados oficiais, mas informações de analistas apontam para mais de 250 milhões de usuários em todo o mundo (ou cerca de 30% da base de usuários do smartphone da empresa) e mais de 1 bilhão de pagamentos já realizados até o fim do primeiro semestre de 2018.

Fonte: MacMagazine

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.