BlackBerry anuncia planos de compra da WatchDox, empresa focada em segurança

Por Redação | 22.04.2015 às 10:16

A empresa canadense BlackBerry revelou que está adquirindo a WatchDox, uma companhia localizada na Califórnia que oferece aos seus usuários corporativos uma solução segura de sincronização e compartilhamento de arquivos, também conhecido como EFSS. Com este recurso, os usuários são capazes de trabalhar e compartilhar documentos em todos os seus dispositivos de forma segura.

A aquisição da BlackBerry é uma tentativa de reconquistar os clientes governamentais e similares que utilizaram os serviços da empresa por um bom tempo antes de migrarem para outras plataformas. Segundo o norte-americano Wall Street Journal, a aquisição dá a BlackBerry a possibilidade de expandir suas operações de pesquisa e desenvolvimento em Israel, onde a WatchDox tem suas próprias operações.

O anúncio dos planos de aquisição foi divulgado pela empresa canadense nesta terça-feira (21), mas não foram revelados os valores da transação. De acordo com o WSJ, os valores podem chegar a US$ 70 milhões. Recentemente, por volta de setembro do ano passado, a BlackBerry já havia adquirido a Movirtu por US$ 32,5 milhões, uma empresa startup do Reino Unido que permite que vários números sejam ativados em um único aparelho. Em dezembro foi a vez da Secusmart, especializada em tecnologias de criptografia em celulares para evitar a espionagem, ser comprada pela amora silvestre por US$ 82 milhões.

A união da Secusmart com a WatchDox permitirá a BlackBerry ofereça aos seus clientes corporativos comunicação de "voz segura, dados seguros, mensagens seguras e documentos seguros" em todas as plataformas, de acordo com Jim Mackey, vice-presidente executivo de desenvolvimento corporativo da BlackBerry.

Com o software da WatchDox, as empresas serão capazes de controlar o uso de arquivos entre seus funcionários, uma necessidade para certas indústrias. Isso inclui a possibilidade de apagar arquivos a partir de dispositivos remotamente, além de levar o acesso de arquivos para outros usuários independente de onde eles estiverem. O serviço conta com suporte para dispositivos equipados com Android, iOS, e claro, a plataforma móvel da BlackBerry.

Além de fortalecer as ofertas de segurança da BlackBerry para clientes governamentais e empresariais, a compra servirá para enfatizar o novo foco da empresa em software de produtividade e segurança depois de uma tentativa fracassada em 2013 de competir no mercado de consumo contra Apple, Samsung e outras fabricantes de smartphones.

Fundada há seis anos, a WatchDox conta com clientes importantes como Nike e o Departamento de Hospitais do Estado da Califórnia. O acordo com a BlackBerry conta com 160 operadoras parceiras que ajudarão a impulsionar as vendas da tecnologia de segurança de arquivos. "A BlackBerry pode realmente nos ajudar a acelerar o nosso alcance em mercados em que atua", disse Moti Rafalin, executivo-chefe e fundador da WatchDox.

Via WSJ

Fonte: http://www.slashgear.com/blackberry-reveals-plan-to-acquire-watchdox-21380156/http://www.wsj.com/articles/blackberry-in-advanced-talks-to-buy-watchdox-1429620393